Data: 6 de agosto de 2020

O Deejay Tonny Moa

Categoria: - Local: Data: 6 de agosto de 2020
Neste Artigo:

O nosso entrevistado de hoje é um dos DJs mais requisitados na comunidade brasileira no Japão, ele é Tonny Moa que foi influenciado nada mais nada menos pelo ícone DJ Iraí Campos. Aqui ele conta um pouco da sua trajetória e como acompanhou a evolução cada vez mais acelerada dos sons eletrônicos pelo mundo.

Publicidade

Tonny também fala sobre uma das suas marcas registradas, o Flashback dos anos 80 e 90. Tonny Moa é uma honra ter você aqui no site, e já podemos garantir que você faz muita gente dançar e se divertir nos fins de semana nas festas, e também em casa através de suas lives. Quer saber mais sobre o DJ Tonny Moa? Vem comigo conferir a entrevista!

&nbspO Deejay Tonny Moa
Portal Mie: Como foi o início de sua carreira e qual foi o DJ que mais te influenciou na época?
Tonny Moa: Meu início de carreira foi ouvindo o DJ que me influenciou, Irai Campos, na época existia o programa na Band Fm. Eu gravava fitas cassetes de todos os programas, logo comecei a comprar discos de vinil, e fui fazendo festinhas de aniversário dos amigos em uma equipe chamada Kurtsom em Osasco (SP). Em 1991 fiz o curso de DJ na Fieldzz, escola do DJ Irai Campos e assim comecei fazer festas profissionalmente.

Portal Mie: Qual é a real mensagem que você quer passar nas suas lives nas redes sociais?
Tonny Moa: Há quase 2 anos atrás comecei fazendo minha lives pelo Facebook, todos os domingos. Foi uma forma de divulgar o meu trabalho, mas também de atingir aquele público que não vai pra balada, o pessoal na faixa acima de 35 anos e que gostam de relembrar aqueles sucessos que marcaram época, por esse motivo escolhi o flashback.

No começo estava muito legal, chegando a mais de 10 mil visualizações em alguns vídeos, mas a rede social começou a bloquear e derrubar os vídeos por conta dos direitos autorais. Mas futuramente pretendemos seguir fazendo mais lives, me aguardem.

&nbspO Deejay Tonny Moa

Portal Mie: Nas décadas de 80 e 90 quando você começou, os DJs não disponibilizavam de tantas tecnologias nos equipamentos, e faziam viradas na raça. Atualmente os DJs perderam um pouco dessa essência com ajuda da tecnologia ou não? Qual é a sua opinião?
Tonny Moa: Realmente foi muito difícil, pois iniciei minha carreira de DJ nos meados do fim dos anos 80, e isso não era para qualquer um. Nessa época tínhamos que ter feeling e muito conhecimento musical, porque não existia base nenhuma para escolher uma música para a sua sequencia. Na hora da mixagem também era preciso ter um bom ouvido para achar o BPM certo da música, sem contar no alto investimento em discos.

Hoje em dia tudo ficou mais fácil, tanto em termos de equipamentos como na forma de mixar. É claro que um bom DJ tem que estar sempre atualizado, seguir a tendência atual e não parar no tempo. É muito importante ser um DJ raiz que ainda toque nos toca discos, mas que domine toda a tecnologia atual. Mas a Essência principal é fazer o público dançar.

&nbspO Deejay Tonny Moa

Portal Mie: Qual significado da música na sua vida? Você sempre pensou em trabalhar com música?
Tonny Moa: A música na minha vida foi um influência dos meus irmãos e irmãs. O legal era que cada um tinha um gosto musical diferente, e eu por ser o caçula de casa fui absorvendo conhecimento e gosto pelo que eles ouviam. E aos 15 anos  pensei em trabalhar com música e comecei minha correria nesta área.

Portal Mie: O seu foco eram os anos 80 e 90. Quando foi que caiu a ficha que esse seria o seu material de trabalho hoje?
Tonny Moa: Na verdade os anos 80 e 90 foram uma influência natural, pois eu toquei muitas músicas na época do começo de carreira, então eu sei quais as músicas que agitava as pistas, quais tocavam nas rádios, mas como disse na resposta anterior, não podemos ficar parados no tempo.

Então a maioria de festas que faço hoje em dia são all mix com todos os ritmos atuais. Gostaria de fazer mais festas flashback’s, mas aqui no Japão o público alvo não sai para a balada, tem filhos, carga horária cansativa e prefere ficar em casa. Com tudo isso acaba não valendo a pena investir neste tipo de festa.

&nbspO Deejay Tonny Moa

Portal Mie: Quais foram os momentos enquanto DJ que mais o deixam orgulhoso?
Tonny Moa: Tive muitos momentos bons, festas memoráveis no Brasil, já toquei em vários clubes no Japão e no Brasil e tudo isso me orgulha muito.

Pois foi um sonho de menino que consegui realizar, quando comecei a carreira, meu sonho era ser DJ de algum clube e graças aos meus esforços e dedicação e principalmente a Deus conseguir realizar. Hoje em dia fico muito orgulhoso dos meus alunos que conseguem se formar e se destacar. Sempre falo aos meus alunos, que ficarei muito orgulhoso vendo vocês melhores que eu e fazendo muito sucesso.

Portal Mie: Ser DJ é…
Tonny Moa: É poder trabalhar com que você ama! É um hobby de adolescente que se transformou naturalmente em profissão. É o amor pela música, passar a minha experiência e conhecimento aos novos alunos, conhecer lugares e pessoas por onde eu passo e proporcionar a elas um momento inesquecível através de nosso set e das músicas. Eu sou um cara que vivo música, respiro música, e ser DJ é tudo isso e muito mais; é um fato meio inexplicável que me da trás uma grande alegria e paz.

&nbspO Deejay Tonny Moa

Portal Mie: Quanto de improviso e quanto de planejamento você usa quando vai tocar?
Tonny Moa: Quando você toca em um clube como residente, você acaba conhecendo o seu público e sabe o que tocar, mas eu geralmente preparo algumas músicas, não faço playlist e tudo no improviso, vou sentindo a pista e tocando. Mas eu sempre aconselho meus alunos a fazer o playlist, a suas sequencias e ir com tudo bem certo para uma festa.

Tudo isso depende muito de como é a festa, por exemplo: se vai tocar em uma festa com 5 DJs, você tem que estar observando o que os DJs tocam, para você não repetir as músicas. Agora se o DJ vai tocar em um show, evento muito importante grandioso, o certo é ir com seu playlist pronto e treinado.

Portal Mie: Qual é um dos principais conselhos que você daria para um DJ iniciante?
Tonny Moa: Ouça muita música, se dedique, treine muito, observe outros DJs tocando, se gostar do set dele tente fazer igual em casa. Nos dias de hoje é muito importante estar atualizado, todo dia tem equipamento novo e novas formas de se fazer mixagens. Saiba ouvir os DJs mais experientes, aceite criticas, conselhos e tente melhorar! E quando estiver tocando, observe o público, olhe para a pista, sinta se esta legal, se precisar mudar de música não excite, interaja com o seu público sempre.

&nbspO Deejay Tonny Moa
Agradecimentos
Queria agradecer primeiramente a Deus por me dar a vida e saúde para continuar fazendo o que eu gosto, minha família pelo apoio, todos os DJs que um dia trabalhamos juntos na cabine, os donos e promoters dos clubes e festas que toquei, sites e mídias, e principalmente minha esposa Erika que sempre me apoiou e incentivou a continuar realizando esta minha paixão que é ser DJ!

Contatos
Facebook:
Tonny Moa
Instagran:
Tonny Moa
YouTube: Tonny Moa

Fotos com DJ Tonny Moa

 

Reportagem
Clayton Moraes – Fotógrafo & Colunista
Fotos – cedidas


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão