Data: 26 de maio de 2020

Entrevista com Jéssica Sampaio a Gata de Junho

Categoria: - Local: Data: 26 de maio de 2020
Neste Artigo:

Nossa entrevistada de hoje vai ser com a psicóloga Jéssica Sampaio, essa brasiliense de múltiplos talentos, aliados ao seu carisma cativante, topou o convite do fotógrafo Clayton Moraes para ser a Gata do Portal de Junho/2020. Aqui ela descreve sua paixão pela profissão, de sua trajetória aqui no Japão e cuidados com sua beleza, bora lá conferir essa entrevista?

Publicidade

&nbspEntrevista com Jéssica Sampaio a Gata de JunhoPortal Mie: Conta um pouco como foi o início da sua trajetória. Como e quando surgiu o interesse e decidiu apostar na carreira de psicologia?
Jéssica Sampaio: Pode parecer clichê, mas eu sempre soube que era psicologia. Eu tomei a decisão de seguir a carreira já no final do ensino fundamental. Sempre tive afinidade e todos os testes vocacionais que eu fiz indicavam essa área. Sobre a minha trajetória, iniciei meus estudos na universidade com 17 anos.

Portal Mie: Onde e por quanto tempo estudou antes de exercer sua profissão?
Jéssica Sampaio: Eu me formei na Universidade Católica de Brasília, e realizei pós graduação em seguida, no total dediquei 7 anos da minha vida unicamente aos estudos e a psicologia. Nos últimos anos da faculdade nós já atuávamos nos estágios no Centro de Formação de Psicologia Aplicada na minha Universidade, na época eu iniciei atuando na área de psicoterapia em grupo e psicoterapia individual com crianças, adolescentes, adultos e idosos, sempre focada na área clínica, que é a que tenho afinidade e sou apaixonada.

Portal Mie: Quais foram as diferenças que você percebeu entre as crianças que você atendeu no Brasil e as que você faz acompanhamento no Japão?
Jéssica Sampaio: Em relação as crianças, no geral, é notável a diferença na disciplina, organização, educação e interação. Há pontos positivos e negativos, o ponto positivo que eu observei nas crianças que atendi no Japão é em relação ao bom comportamento, a boa conduta, ao katazuke, a educação, o respeito ao próximo e ao coletivo. O ponto negativo que eu observei em relação as crianças aqui no Japão, é que as crianças que vivem no Brasil são estimuladas a serem mais criativas e espontâneas, já no Japão há uma certa rigidez e inflexibilidade mental, as crianças são educadas a seguirem um padrão, tem o seu ponto positivo, porém tudo isso pode fazer com que diminuam seu potencial de criatividade, de criação e consequentemente se tornem perfeccionistas no sentido negativo ou inflexíveis, o que pode desencadear uma série de consequências a saúde mental da criança como o transtorno obsessivo compulsivo, a ansiedade e a dificuldade de interação por serem muito privadas de serem elas mesmas, e de não poder expressar sua espontaneidade de forma natural. Eu admiro muitos pontos positivos na cultura japonesa, mas a cultura brasileira também tem seus pontos fortes. Toda cultura e país tem seus prós e contras, e um equilíbrio entre tudo seria perfeito. Mas é claro, essa é uma observação minha com base na experiência que estou tendo no país através do meu olhar de psicóloga.

&nbspEntrevista com Jéssica Sampaio a Gata de Junho

Portal Mie: Explique para os nossos leitores o seu trabalho com crianças especiais aqui no Japão.
Jéssica Sampaio: Sou psicóloga clínica, e trabalho com crianças, adolescentes, adultos e idosos. Mas nessa clínica aqui no Japão eu atuo atendendo crianças e adolescentes na sua maioria brasileiros, sendo 90% desses pacientes, com TEA (Transtorno do Espectro Autista). Dentre as crianças que eu atendo na clínica, também trabalho com crianças com TDAH, que é o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade. O meu trabalho como psicóloga na área infantil consiste em trabalhar com foco em evoluir o comportamento de cada paciente, ajudá-los a a entender o que é cada emoção. Afinal, para que um paciente consiga expressar suas emoções, primeiramente ele precisa conhecer e saber identificar cada uma delas (como a raiva, tristeza, alegria, medo, surpresa), e a partir de então conseguir expressá-las, para que possa posteriormente aprender através da psicoterapia com um acompanhamento a longo prazo sobre como controlar cada emoção negativa que sente, desenvolvendo e trabalhando a sua inteligência emocional, evitando que o paciente se torne ansioso, depressivo ou não tenha uma boa saúde mental.

Portal Mie: O que levou a decidir exercer sua profissão aqui no Japão? E como tem sido, você considera que fez uma boa escolha ao optar vim morar nesse país?
Jéssica Sampaio: Eu sempre busquei uma oportunidade de trabalhar fora do meu país. Desde a época da universidade eu sempre sonhei em fazer intercâmbio e conhecer uma outra cultura, tanto que dediquei muitos anos da minha vida aos estudos de inglês desde a adolescência e estou a um passo de atingir a fluência. O meu plano A era a Austrália, havia optado justamente pela qualidade e estilo de vida praiano. Mas o Japão me escolheu, e posso dizer que foi a melhor escolha que eu fiz e espero que Deus continue abençoando cada vez mais esse sonho, que eu possa melhorar o estado de humor dos meus pacientes e fazer com que eles evoluam e se sintam melhor a cada psicoterapia. Meu papel é muito importante e valorizo cada sorriso que ganho no final de cada atendimento.

Portal Mie: Você já teve interesse por outras áreas, além da psicologia?
Jéssica Sampaio: Quando prestamos vestibular, selecionamos duas opções de curso, a minha primeira opção foi Psicologia, a segunda Relações Internacionais e se tivesse uma terceira, seria Gastronomia. No final das contas, acabou que eu consegui englobar todas essas áreas de interesse na minha vida cotidiana. A psicologia entra como prioridade na minha vida, afinal, é o meu trabalho e eu sou apaixonada pelo o que faço. Relações internacionais entra no quesito estilo de vida, o interesse por aprender outras línguas, conhecer pessoas de várias nacionalidades e culturas, e essa área de interesse está atrelada a decisão que tomei de mudar do meu país de origem para concretizar o sonho de viver em outro país fazendo o que amo. E por fim, a gastronomia entra na minha vida como um hobby, devo confessar, eu amo cozinhar no meu tempo livre, cheguei a concluir um curso no Brasil, e o fiz com muito entusiasmo.

&nbspEntrevista com Jéssica Sampaio a Gata de JunhoPortal Mie: Atualmente você mora aqui no Japão a alguns meses, o que chamou mais a sua atenção?
Jéssica Sampaio: O que mais me chamou a atenção foi a educação das pessoas, o que mais me surpreendeu foi o respeito que os japoneses tem em relação ao coletivo, e o que eu mais gostei foi da qualidade de vida e de como tudo funciona. Me encanta muito também a versatilidade do Japão em relação ao clima, sem falar da culinária japonesa que é uma das minhas preferidas, e o que acho mais interessante nesse país é que cada estação tem o seu charme. No inverno podemos nos vestir com um bom casaco, colocar looks lindos e ainda fazer programações na neve, na primavera tem as lindas flores de cerejeiras que sou encantada e fazer piquenique no parque se torna uma experiência maravilhosa de se viver no dia a dia. No outono, me falaram sobre como as ruas ficam charmosas com as folhas caindo ao chão e no verão, podemos adotar o estilo de vida praiano, aproveitando as lindas praias do Japão, que devo confessar, que já estou simplesmente apaixonada, é o meu tipo lugar favorito.

Portal Mie: Quais são seus cuidados de beleza e como mantém esse cabelo tão impressionante?
Jéssica Sampaio: Fico feliz em saber que meu cabelo agrada. Eu costumo cuidar muito do meu cabelo através do cronograma capilar, que é uma rotina de cuidados com os cabelos que intercala três tratamentos: a hidratação, nutrição e reconstrução. E como é um tratamento com embasamento científico, trata dos fios de acordo com a necessidade, o resultado é incrível, recomendo. E claro também cuido de dentro para fora, tomando sempre vitaminas que favoreçam a qualidade dos fios.

Portal Mie: Já brigou com a balança para manter esse corpo, qual o segredo?
Jéssica Sampaio: Sempre me cuidei através da reeducação alimentar e atividades físicas diárias. Atualmente, os meus cuidados consistem em fazer 30km de bicicleta por semana. Em relação a minha alimentação ela é regrada, porém é flexível. Eu sempre faço boas trocas como por exemplo, em vez de tomar cerveja, eu opto por vinho ou outras bebidas que não tenha um efeito tão impactante no corpo. Eu tomo 3L de água por dia. Evito o consumo excessivo de carboidratos, como pães e arroz branco, eu opto por arroz integral praticamente sempre. Evito o açúcar e tomo chá verde todos os dias para ajudar na retenção de líquido e sem falar dos outros benefícios para a saúde como a longevidade, melhora o desempenho do cérebro e as funções cognitivas, o que é muito importante para mim, pois atendo mais de 22 pacientes por semana, então preciso estar com a mente sempre atenta, focada e preparada para colocar toda minha energia ao atendê-los. Além do chá verde ser um antioxidante e contribuir para queima de gordura. Agora estou sendo acompanhada pela nutricionista Etieny Oshikata. Então o acompanhamento de uma profissional capacitada é imprescindível, ela consegue adequar os alimentos que encontramos no Japão através de uma alimentação balanceada, e o resultado está sendo incrível.

Portal Mie: Seu primeiro ensaio fotográfico, o que achou da experiência?
Jéssica Sampaio: Foi maravilhoso! Eu me senti super segura e confiante e foi incrível ter sido clicada por ele, além de ser um excelente profissional, ele tem o dom de nos deixar a vontade enaltecendo a beleza feminina através do olhar diferenciado com sutileza enquanto conduz o ensaio fazendo com o que resultado seja excelente e seja possível registrar o nosso melhor momento.

Seus agradecimentos:
Gostaria de fazer um agradecimento ao fotógrafo Clayton Moraes, fiquei muito feliz com todo o processo e o resultado do ensaio, a forma como ele consegue registrar o nosso melhor momento é incrível, e por trás de um clique existe todo um preparo, é muito importante enaltecer a beleza da mulher, não é apenas sobre ser bonita, e sim sobre se sentir, aprendi isso com ele entre um ensaio e outro. Tudo isso transparece nos registros, precisamos nos sentir poderosas, e é assim que me sinto ao ser clicada por um excelente profissional.

Agradeço também a maravilhosa e linda maquiadora Tabata Kihana, a verdadeira fada das makes, obrigada por me deixar linda. Além de excelente profissional é muito simpática, muito mais que uma make uma pessoa que transmite uma boa energia. Quero agradecer também a minha nutricionista Etieny Oshikata, pelo acompanhamento, que me faz sentir mais segura com toda essa mudança de país e consequentemente de alimentação para que eu possa continuar me alimentando da forma mais saudável possível aqui do outro lado do mundo. Tenho certeza que os resultados serão daqui para melhor.

E é claro que eu não poderia deixar de agradecer aos meus pais a educação que eu tive, que me tornaram a mulher que sou hoje. Obrigada mamãe por ser tão vibrante, determinada e independente, você me inspira todos os dias. Obrigada papai, por ser tão doce, gentil e meu melhor amigo. Você sabe como me fazer feliz e me sentir protegida todos os dias. Sou muito grata também a psicologia, por ter me encontrado nessa profissão que sou apaixonada e aprendo todos os dias sobre a maravilhosamente humana. E acima de tudo, quero agradecer a Deus, sem Ele não somos nada, e devemos confiar que Deus sempre tem um plano.

Contatos
Quem quiser me acompanhar nas redes sociais, meu instagram é @sampaiojessica, estou sempre fazendo posts interessantes e quem quiser acompanhar o meu trabalho como psicóloga, me sigam no @terapeutiandocomjessica.

Whats: psicologajessicasampaio
Email: psicologajessicasampaio@hotmail.com
Facebook: Psi Jéssica Sampaio
Página:Terapeutiando com Jéssica

Confira as fotos deste ensaio na seção Gata do Portal a partir do dia 01 de junho.

Reportagem
Clayton Moraes – Fotógrafo & Colunista
Fotos – cedidas


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão