O encanto das cores do outono no Nanzen-ji em Quioto

Publicado em 8 de outubro de 2019, em Turismo em Quioto

Como um dos templos Zen Budistas mais importantes em todo o Japão as áreas espaçosas do Nanzen-ji ficam na base das montanhas de Higashiyama, na província de Quioto.

Neste Artigo:
&nbspO encanto das cores do outono no Nanzen-ji em Quioto
As belíssimas cores do outono em Quioto (banco de imagens PM)

O Nanzen-ji, cujas áreas espaçosas ficam na base das montanhas de Higashiyama, é um dos templos Zen Budistas mais importantes em todo o Japão.

Publicidade

Ele é o templo principal de uma das escolas dentro da linha Rinzai do Budismo Zen japonês e inclui vários subtemplos, que tornam o já grande complexo de templos maior ainda.

A história do Nanzen-ji remonta a meados do século 13, quando o imperador Kameyama construiu sua vila de retirada na presente localização do templo e posteriormente a converteu em um templo Zen.

Após sua fundação, o Nanzen-ji cresceu de forma estável, mas suas construções foram todas destruídas durante as guerras civis do fim do período Muromachi (1333-1573). A mais antiga das construções atuais foi erguida após esse período.

A área de templos principal de Nanzen-ji  é aberta ao público gratuitamente, mas um valor é cobrado para visitar templos e subtemplos na área.

&nbspO encanto das cores do outono no Nanzen-ji em Quioto
O Sanmon (banco de imagens PM)

Os visitantes primeiro se deparam com o massivo portão de entrada de Nanzen-ji, o Sanmon, cuja altura se estende acima do topo das árvores.

O portão foi construído em 1628 pelo clã dominante Tokugawa para soldados que morreram na sede do Castelo de Osaka em 1615. É possível subir até a sacada do portão, de onde a vista se estende pela cidade.

&nbspO encanto das cores do outono no Nanzen-ji em Quioto
A sacada do Sanmon (banco de imagens PM)

Atrás do portão fica o Hatto (Salão Darma), uma sala de conferências que não pode ser acessada pelo público.

Depois do Hatto fica o Hojo, a antiga residência do sacerdote principal e o principal salão do Nanzen-ji. O Hojo é mais famoso pelo seu jardim de pedras, as quais lembram tigres e filhotes atravessando a água.

Também conceituadas estão as pinturas nas portas de correr (fusuma), que incluem uma representação mais realística de tigres em folhas de ouro. Os visitantes entram no complexo do Hojo através da antiga cozinha do templo (kuri), onde eles também podem encontrar uma pequena sala de chá à direita com vista de uma catarata em miniatura.

Fora do Hojo os visitantes se deparam com uma visão ainda mais peculiar: um enorme aqueduto de tijolos que passa através da área do templo.

&nbspO encanto das cores do outono no Nanzen-ji em Quioto
O aqueduto histórico (banco de imagens PM)

Construído durante o período Meiji (1868-1912), o aqueduto faz parte de um sistema de canais que foi construído para transportar água e produtos entre Quioto e o Lago Biwa na província vizinha de Shiga. Trilhas ao longo do canal levam até florestas nas proximidades.

O Nanzenin é um dos subtemplos de Nanzen-ji que é aberto ao público. Ele fica bem atrás do aqueduto no antigo local da vila de retirada original do imperador Kameyama, e inclui um mausoléu do imperador, um salão de templo e um jardim em volta de um lago que se torna particularmente atrativo no outono.

Nos arredores do Nanzen-ji fica o Konchi-in, um outro subtemplo aberto ao público.

O templo foi fundado em 1400, mas foi movido para sua atual localização no início dos anos 1600. Dentro do Konchi-in há uma variedade de construções, pinturas em fusuma, jardins de pedra, casa de chá e uma pequena subsidiária do Santuário Toshogu.

&nbspO encanto das cores do outono no Nanzen-ji em Quioto
As cores do outono rodeiam a construção no Tenjuan

A alguns passos de distância fica o templo Tenjuan, que também é aberto ao público. Ele é um pequeno subtemplo dedicado ao mestre zen que serviu o imperador Kameyama em seus estudos religiosos.

O Tenjuan tem um salão principal e portão que remontam ao início do século 17. O Tenjuan é notável pelos seus dois jardins, um jardim de pedras e um lago de jardim, que são particularmente atrativos no outono quando são iluminados à noite. As cores de outono são melhores de meados ao fim de novembro.

Nanzen-ji (南禅寺)

  • Site para informações: http://www.nanzen.net/
  • Toque aqui para abrir o mapa e ver a localização
  • Acesso de transporte público:
    O Nanzen-ji fica a uma caminhada de 5 a 10 minutos da estação de metrô mais próxima, a de Keage na linha Tozai (cerca de 20 minutos a partir da estação de Quioto pelo metrô via estação Karasuma-Oike) ou a uma caminhada de 5 a 10 minutos da estação de ônibus mais próxima, a Nanzen-ji-Eikando michi (a partir da estação de Quioto pelo Kyoto city Bus número 5)

Sanmon e Hojo

  • Funcionam das 8h40 às 17h (até as 16h30 de janeiro a fevereiro)
  • Entrada permitida até 20 minutos antes do fechamento
  • Não há funcionamento de 28 a 31 de dezembro
  • Entrada: 500 ienes

Hojo

  • Aberto das 8h40 às 17h (até as 16h30 de janeiro a fevereiro)
  • Entrada permitida até 20 minutos antes do fechamento
  • Não há funcionamento de 28 a 31 de dezembro
  • Entrada: 500 ienes

Nanzenin

  • Aberto das 8h40 às 17h (até as 16h30 de janeiro a fevereiro)
  • Entrada permitida até 20 minutos antes do fechamento
  • Não há funcionamento de 28 a 31 de dezembro
  • Entrada: 300 ienes

Konchi-in 

  • Aberto das 8h30 às 17h (até as 16h30 de janeiro a fevereiro)
  • Funciona o ano inteiro
  • Entrada: 400 ienes

Tenjuan

  • Aberto das 9h às 17h (até as 16h30 no inverno), horários noturnos especiais durante as iluminações de outono
  • Entrada: 500 ienes (600 ienes durante a iluminação noturna)


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!
Easy Car Ride, carros e financiamentos
UNIP - Faculdade a distância no Japão