Ferramenta de reconhecimento facial com IA para detectar febre

Publicado em 24 de abril de 2020, em Tecnologia e atualizado em 26 de abril de 2020 as 11:15 PM

A THine promove o software para locais públicos, verificando pessoas com máscaras.

Neste Artigo:
&nbspFerramenta de reconhecimento facial com IA para detectar febre
Pessoas de máscara em Tóquio (ilustrativa/PM)

A fabricante de semicondutores THine Electronics desenvolveu um sistema de reconhecimento facial que pode registrar temperaturas corporais a menos de um passo de distância e identificar indivíduos mesmo quando estão usando máscaras.

Publicidade

O sistema está entre uma lista de novos produtos lançados pela indústria da tecnologia, visto que países se preparam para reabrir após lockdowns por todas as cidades e ordens de quarentena domiciliar para reduzir a propagação do coronavírus. O estado de emergência de um mês do Japão deve se encerrar em 6 de maio.

Em meio a preocupações de uma segunda onda de infecções como visto em Singapura, governos e negócios estão buscando ferramentas para balancear o controle de infecções com uma necessidade urgente de reiniciar suas economias.

&nbspFerramenta de reconhecimento facial com IA para detectar febre
O sistema de reconhecimento facial com base em inteligência artificial – IA da THine Electronics pode medir a temperatura das pessoas (THine via Asia Nikkei)

Em uma implementação suave, a THine instalou seu sistema de reconhecimento facial, que usa inteligência artificial -IA, em entradas de prédios de escritórios, hospitais, shoppings e outros lugares que têm grandes aglomerações. Vendas mais amplas do sistema, que custa menos de 300 mil ienes, começarão por volta do fim de maio.

O sistema pode reconhecer indivíduos a partir de uma distância de cerca de 30cm, ou menos de 12 polegadas, e fazer leituras de temperaturas corporais dentro de uma margem de erro de 0.3 graus Celsius. Se instalado em um portão de entrada, o sistema pode barrar um indivíduo se febre for detectada.

Até 50 mil faces podem ser armazenadas de uma vez. Pontos vêm sendo levantados sobre questões de privacidade representadas por software de rastreamento de contato e reconhecimento facial.

O Financial Times reportou nessa semana que cerca de 300 especialistas escreveram uma carta alertando que o software designado para prevenção do coronavírus pode ser cooptado para vigilância em massa por alguns governos.

A THine não respondeu imediatamente a perguntas em relação à propriedade de dados, e por quanto tempo as faces e leituras de temperaturas seriam armazenadas.

Fonte: Asia Nikkei


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!