iPhone XR no Japão poderá ficar mais barato

Publicado em 23 de novembro de 2018, em Tecnologia

Subsídios poderão ser oferecidos pela Apple a operadoras de telefonia móvel japonesas em um esforço para aumentar as vendas do iPhone XR.

Neste Artigo:
&nbspiPhone XR no Japão poderá ficar mais barato
As grandes operadoras de telefonia móvel do Japão planejam baixar os preços do mais barato dos iPhones da Apple (Apple)

A Apple estaria se preparando para oferecer subsídios a operadoras de telefonia móvel japonesas em um esforço para aumentar as vendas do iPhone XR.

Publicidade

As grandes operadoras de telefonia móvel do Japão planejam baixar os preços do mais barato dos iPhones da Apple lançados em 2018 logo na próxima semana, de acordo com reportagem do Wall Street Journal na quinta-feira (22), citando fontes não identificadas “com conhecimento direto sobre o plano”. A extensão dos subsídios planejados não está clara.

O XR custa 84.800 ienes (cerca de 750 dólares) na Apple Store japonesa, mas as operadoras agregam planos de dados aos smartphones, citou o jornal.

A reportagem também diz que a Apple começou a produzir novamente o iPhone X de 2017, em parte para cumprir seu contrato com a fabricante de displays Samsung – a Apple deve comprar um certo número de telas de diodo emissor de luz orgânicos (OLED).

A produção do modelo mais antigo é mais barata do que a do XS e do XS Max, então a empresa retomou a produção para preencher a lacuna, disse o jornal, citando pessoas envolvidas na rede de fornecimento.

A Apple e a Samsung não responderam imediatamente aos pedidos por comentários.

As notícias sobre possíveis reduções de preço surgem um dia após um relato de que a Foxconn, a principal fabricante do iPhone, planeja cortar 2.9 milhões de dólares de seus custos no próximo ano e menos horas extras após a Apple ter reduzido os pedidos de produção para seus iPhones XS, XS Max e XR.

Antes disso, a Apple disse que as vendas dos modelos 2018 não foram tão bem como previsto pelos analistas imediatamente após o lançamento em setembro e decidiu que não iria mais detalhar vendas por unidade de seus principais aparelhos.

Fonte: CNET


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!