Demissões ligadas ao coronavírus passam de 110 mil no Japão

Publicado em 15 de julho de 2021, em Sociedade

Por indústria, o setor manufatureiro teve o maior número de demissões e encerramentos de contratos.

Neste Artigo:
&nbspDemissões ligadas ao coronavírus passam de 110 mil no Japão
Setor hoteleiro foi um dos mais afetados (ilustrativa/banco de imagens)

O número cumulativo de pessoas no Japão que perderam seus empregos ou cujos contratos foram ou estão prestes a serem encerrados devido à crise do coronavírus excedeu 110 mil, disse o Ministério do Trabalho na terça-feira (13).

Publicidade

De acordo com o ministério, o total cumulativo situava-se a 110.236 desde a sexta-feira (9).

Embora o governo japonês tenha estendido medidas especiais para subsídios de ajuste de emprego destinados a ajudar empresas a manterem trabalhos, os dados sugerem que eles vêm falhando em reduzir o número de demissões.

Por indústria, o setor manufatureiro teve o maior número de demissões e encerramentos de contratos, com 24.967.

O número passou dos 10 mil em cada um dos setores do varejo, restaurantes e hoteleiro e excedeu os 6 mil tanto nas indústrias atacadista quanto de serviços.

Fonte: Nippon


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
EASY CAR RIDE