Atleta da equipe olímpica de Uganda desaparece no Japão

Publicado em 16 de julho de 2021, em Sociedade

A delegação de Uganda foi uma das primeiras equipes a chegar ao Japão para as Olimpíadas.

Neste Artigo:
&nbspAtleta da equipe olímpica de Uganda desaparece no Japão
A delegação olímpica de Uganda foi uma das primeiras a chegar ao Japão (NHK)

Um atleta de Uganda que está treinando no Japão antes do início das Olimpíadas na próxima semana está desaparecido, com autoridades locais e a polícia tentando localizar seu paradeiro, disse nesta sexta-feira (16) a cidade que está hospedando a delegação

Publicidade

Julius Ssekitoleko, um atleta de 20 anos, que estava em Izumisano (Osaka), não foi encontrado quando um oficial da cidade tentou localizá-lo para receber sua amostra para testagem de coronavírus, disse.

Ele foi visto em sua acomodação pela última vez por volta de 00h30 por um colega de equipe, de acordo com oficiais da cidade.

O caso pode aumentar preocupações em relação a medidas antivírus em vigor pelos organizadores olímpicos, os quais disseram que atletas só terão permissão para ir a locais limitados e não entrarão em contato com residentes.

A delegação de Uganda chegou ao Aeroporto de Narita (Chiba) em 19 de junho, sendo uma das primeiras equipes estrangeiras a virem ao Japão para os Jogos, mas até agora dois membros testaram positivo para o coronavírus.

Exige-se que todos os membros apresentem suas amostras para testes de Covid-19 pela manhã, mas o oficial disse que não recebeu a de Ssekitoleko até o meio-dia, de acordo com a cidade.

Após os dois casos de Covid-19 na equipe, atletas de Uganda só começaram a treinar em Izumisano na semana passada.

Atleta deixou bilhete “Quero trabalhar no Japão”

O atleta de Uganda que está desaparecido deixou um bilhete escrito “quero trabalhar no Japão” disseram oficiais na sexta-feira.

Julius Ssekitoleko, levantador de peso que estava sendo sediado em Osaka, comprou em uma estação local uma passagem de trem-bala com destino a Nagoia, disseram oficiais da cidade de Izumisano, cerca de um dia da última vez que o atleta foi visto.

Ssekitoleko disse no bilhete deixado no hotel onde estava hospedado que não queria retornar a Uganda porque lá a vida é difícil e pediu a membros de sua delegação que entregassem seus pertences a sua esposa em seu país, de acordo com a cidade de Izumisano.

Fonte: News and Culture


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
EASY CAR RIDE