Prefeito de 42 anos de cidade em Ibaraki toma vacina antes dos idosos

Publicado em 14 de maio de 2021, em Sociedade

O prefeito justificou ao explicar que houve cancelamentos por parte de profissionais da saúde, e que imunizantes seriam desperdiçados.

Neste Artigo:
&nbspPrefeito de 42 anos de cidade em Ibaraki toma vacina antes dos idosos
Osamu Katono em coletiva de imprensa (NHK)

O prefeito de 42 anos de uma cidade na província de Ibaraki foi alvo de críticas na quinta-feira (13), visto que ele se vacinou contra a Covid-19 antes dos idosos, no caso mais recente que poderia aumentar suspeita sobre distribuição justa em meio ao lento programa de imunização.

Publicidade

O prefeito de Shirosato, Osamu Katono, disse em uma coletiva de imprensa que recebeu sua primeira dose em 28 de abril junto com outros funcionários da cidade, justificando a medida ao explicar que houve cancelamentos naquele dia por parte de profissionais da saúde, e que os imunizantes seriam desperdiçados.

Katono também disse que ele é “equivalente” a um profissional da saúde porque ele supervisiona o local de vacinação perto do prédio da prefeitura. “Se o prefeito, o único que dá as ordens, se infecta, isso causaria confusão. Não vejo problema com isso”, disse ele.

O Japão começou a inocular pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, após os profissionais da saúde em fevereiro.

A ação do prefeito poderia atrair críticas, visto que idosos não estão conseguindo garantir reservas por telefone ou online devido ao lento progresso da vacinação.

O vice-prefeito Fujio Nakata, de 65 anos, e o chefe do conselho educacional da cidade, Hideo Takaoka, da mesma idade, também receberam suas primeiras doses da vacina da Pfizer junto com o prefeito. Katono planeja tomar a segunda dose no fim deste mês.

Esses casos seguiram o de Sogo Yamana, prefeito de 62 anos de Kamikawa (Hyogo), inoculado em 6 de maio com uma dose que teria ficado inutilizável devido a um cancelamento.

Ele disse na quarta-feira (12) que havia recebido a dose por causa da “crise de gestão” da cidade.

Na terça-feira (11), o vice-prefeito de Nishio (Aichi), pediu desculpas após dar prioridade de reservas para vacinações contra Covid-19 ao chefe de 70 anos de uma grande rede farmacêutica e sua esposa de 67 anos.

Fonte: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão