Covid-19 em Gifu: alto índice entre estrangeiros e aumento de jovens com enfermidade grave

Publicado em 20 de maio de 2021, em Sociedade

Em uma das cidades de Gifu 70% dos testados positivo são estrangeiros. A propagação da infecção é rápida, elevando os números diários.

Neste Artigo:
&nbspCovid-19 em Gifu: alto índice entre estrangeiros e aumento de jovens com enfermidade grave
SARS-CoV-2 (Wikimedia)

A província de Gifu continua com elevados números de confirmações diárias da infecção pelo novo coronavírus, embora seja alvo das medidas prioritárias. Na quarta-feira (19) foram 132, elevando a soma cumulativa para 7.777 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

Por cidade foram 40 em Gifu, 13 em Ogaki, 12 em Kani, 10 em Kakamigahara, 7 em Seki, 6 em Hashima, em Takayama, em Tajimi e em Minokamo, entre outras.  

Alguns aspectos são preocupantes como o aumento de jovens com Covid-19 na faixa dos 20 com agravamento; clusters de infecção, como o último em uma empresa de Seki com 29; e a propagação entre os estrangeiros. Além disso, o sistema médico está em situação apertada.

Parte dos estrangeiros prefere não fazer teste PCR

Na terça-feira (18) foi realizada uma reunião entre a prefeitura de Minokamo e os representantes de 8 empreiteiras, incluindo da vizinha Kani, que empregam os estrangeiros. 

&nbspCovid-19 em Gifu: alto índice entre estrangeiros e aumento de jovens com enfermidade grave
Reunião entre representantes da prefeitura de Minokamo e empreiteiras (Gifu Shimbun)

Um deles disse que parte dos estrangeiros prefere não fazer o teste PCR, porque se tiver que fazer quarentena em casa não receberá o salário desses dias. “É preciso pensar em uma medida, pois mesmo em estado febril há quem vai trabalhar”, disse um deles.

“Uma pessoa que estava de repouso em casa não foi trabalhar na empresa A, mas foi na B no dia seguinte. Se o centro de saúde pudesse compartilhar o resultado positivo conosco, ajudaria na prevenção da infecção”, comentou outro. 

70% dos testados positivo são estrangeiros

Na cidade de Minokamo, onde quase 10% da população é estrangeira, o número de infectados por 100 mil habitantes (até o dia 10) é de 785, o maior índice entre os municípios da província.

No período de 1.º de abril a 11 de maio, correspondente à quarta onda de infecção, 70% dos testados positivo são estrangeiros. Segundo o levantamento, as rotas de infecção são divididas em 53% pelos familiares, parentes e amigos, e 27% pelo local de trabalho.  

Fonte: Gifu Shimbun


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão