Risco da infecção ao beber ao ar livre é tão elevado quanto em ambiente fechado

Publicado em 22 de abril de 2021, em Sociedade

Esse foi o resultado da análise feita pelo supercomputador japonês. Por isso, a recomendação é evitar beber em grupos, nos parques e nas ruas.

Neste Artigo:
&nbspRisco da infecção ao beber ao ar livre é tão elevado quanto em ambiente fechado
Grupo de assalariados bebendo na calçada, em Tóquio (NNN)

Nas cidades sob as Medidas Prioritárias para Prevenção da Propagação tornou-se comum ver grupos de pessoas bebendo nas calçadas, na frente das lojas de conveniência e nos parques, após as 20h, horário de encerramento do expediente nos bares e restaurantes.

Publicidade

Esses locais ao ar livre se tornam extensão dos bares onde se divertiam bebendo. Isso tem sido visto em Tóquio, Osaka, Nagoia e outras cidades. 

Akiyoshi Iida, professor da Universidade de Tecnologia de Toyohashi (Aichi), informou sobre o resultado de uma análise feita pelo supercomputador Fugaku, no qual colaborou.  

Distanciamento social e máscara

Em uma simulação, considerando um aglomerado em volta de uma mesa onde se faz churrasco, se uma pessoa retira a máscara e conversa, soube-se que as partículas se dispersam até 1 metro.

Portanto, “se as pessoas se aproximam pensando que por estarem ao ar livre, o alcance do aerossol quase não muda estando em um ambiente fechado ou fora”, apontou Iida.

&nbspRisco da infecção ao beber ao ar livre é tão elevado quanto em ambiente fechado
Aerossol da pessoa sem máscara vai direto para a outra em uma simulação do supercomputador (Nagoya TV)

Segundo o professor, 1,5 metro é a recomendação para o distanciamento social para evitar contágio do coronavírus, por isso, mantê-la evita receber as partículas vindas do interlocutor que está na frente, sem usar máscara. Há um risco de aspirar as partículas do aerossol. 

Mesmo abrindo um espaço de 1,7 metro as partículas alcançaram a pessoa da frente, na simulação ao ar livre. Se tiver vento, as demais pessoas em volta também recebem esse aerossol.

Risco de infecção e outros problemas sociais

Na análise, o que se observou é que o uso da máscara é importante mesmo ao ar livre. Isso reduz bastante o risco da infecção.

&nbspRisco da infecção ao beber ao ar livre é tão elevado quanto em ambiente fechado
Supercomputador mostra que se tiver vento as partículas chegam a outras pessoas (Nagoya TV)

O professor reiterou que mesmo ao ar livre, o grupo de pessoas que conversa e bebe não deve relaxar e continuar usando máscara.

O problema está ficando tão sério que a governadora de Tóquio pediu, na quarta-feira (21), para as pessoas não beberem ao ar livre, nas ruas.

Além do risco de infecção pelo novo coronavírus outros dois problemas para a sociedade são o barulho que incomoda os residentes e também o lixo. Em vários locais têm sido vistas garrafas e latas de bebidas alcoólicas largadas. 

&nbspRisco da infecção ao beber ao ar livre é tão elevado quanto em ambiente fechado
Lixo flagrado na manhã de quarta-feira em um bairro de Tóquio (NNN)

 

Fontes: NHK, Nagoya TV e NNN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão