Efeitos do estado de emergência em Aichi, Gifu e até em Mie

Publicado em 14 de janeiro de 2021, em Sociedade

Em Aichi e Gifu se percebem os efeitos do estado de emergência no comércio em geral, além do transporte público. Mie faz própria declaração.

Neste Artigo:
&nbspEfeitos do estado de emergência em Aichi, Gifu e até em Mie
Imagem do CDC via Health Mil.

As províncias de Aichi e Gifu entraram na declaração de estado de emergência de mais 7, a partir de quinta-feira (14), conforme pronunciamento do Primeiro-Ministro do Japão na noite anterior.

Publicidade

Em cada uma dessas províncias de Tokai foram instaladas sede de contramedidas para definição dos detalhes da declaração, para controle da propagação do novo coronavírus.

O pedido para encerrar o expediente mais cedo, às 20h, dos estabelecimentos que servem bebida alcoólica, começa no sábado (16) em Gifu e em 18 em Aichi. Até essas datas o horário comercial era até 21h. Em ambas as províncias, essa medida segue até a data final, 7 de fevereiro.

Abstenção de sair e home office

Os governadores pedem à população que se abstenha de sair sem necessidade após as 20h. Na medida do possível, há um outro pedido de evitar sair de casa mesmo durante o dia. Para as empresas, os dois reiteram às empresas o pedido para aumentar o home office dos funcionários. 

&nbspEfeitos do estado de emergência em Aichi, Gifu e até em Mie
Dois chops e nachos no bar (JUNO KWON por Pixabay)

Em relação a outros segmentos da economia, como pachinko, academias de ginástica, comércio em geral e lojas de departamento, também entram na lista das empresas que Aichi pede para fechar as portas mais cedo.

Comércio fecha mais cedo

Mas, essas não entram no alvo da verba de cooperação. Em Nagoia algumas lojas de departamento informaram que vão reduzir o horário de expediente, como Mitsukoshi até 19h, e Lachic e Takashimaya até 20h. Antes de ir às compras convém verificar se o shopping center ou loja mudou o horário comercial nesse período.

A iluminação do Hida no Sato, em Takayama (Gifu), fechará mais cedo, às 19h30.

Mie faz declaração própria

O governador da província de Mie, Eikei Suzuki, declarou estado de alerta na quinta-feira, de forma independente. 

Para as cidades de Kuwana, Suzuka e Yokkaichi pediu redução do horário de expediente até 21h nos estabelecimentos que servem bebida alcoólica, no período de 18 deste mês a 7 de fevereiro.

Para a população o pedido é de abstenção de viagem para fora da província. 

Previsão de não faltar estoque

Na primeira declaração de estado de emergência, por causa de informações fake, as pessoas correram para fazer estoque de determinados produtos. Segundo um entrevistado, gerente de uma das redes de farmácia de Nagoia, não é preciso repetir essa ação. Ele garante que não faltarão artigos de higiene, como papel higiênico, lenço umedecido e outros. 

Fontes: Tokai TV, CBC TV, Nagoya TV, Chunichi e CTV


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão