Prefeitura de Toyohashi comete erro com sul-americano e se desculpa com pagamento

Publicado em 18 de dezembro de 2020, em Sociedade

Um casal pensou ter registrado o casamento na prefeitura, mas esse não foi aceito e esquecido.

Neste Artigo:
&nbspPrefeitura de Toyohashi comete erro com sul-americano e se desculpa com pagamento
Imagem ilustrativa de cédulas de 10 mil ienes (Wikimedia)

Até sexta-feira (18) a Prefeitura de Toyohashi (Aichi), através do guichê do cidadão, reconheceu um erro cometido em setembro do ano passado e compensa a família prejudicada com pagamento de 500 mil ienes.

Publicidade

Sem divulgar os nomes, a prefeitura informou que uma mulher residente na cidade mais um homem da América do Sul compareceram ao guichê para registrar o casamento, naquela ocasião. 

O funcionário da prefeitura alegou que, por falta de documento do homem estrangeiro, não processou o registro, deixado de lado por quase um ano.

Enquanto isso, o bebê que nasceu da união dos dois, também ficou sem registro.

O caso veio à tona porque a mulher esteve na prefeitura perguntando o que tinha ocorrido e o motivo da recusa, em dezembro do ano passado e em fevereiro deste ano.

Somente em agosto a seção consultou a sucursal de Assuntos Jurídicos e descobriu que para o registro de casamento não precisava apresentar a certidão de nascimento. 

Fonte: Tokyo Shimbun


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão