Cancelamento da permissão para instalação da Usina Nuclear de Oi em Fukui

Publicado em 4 de dezembro de 2020, em Sociedade

O tribunal decidiu a favor dos 127 residentes de Fukui que entraram com pedido para cancelamento da permissão para instalação da usina nuclear.

Neste Artigo:
&nbspCancelamento da permissão para instalação da Usina Nuclear de Oi em Fukui
Unidades 3 e 4 da Usina Nuclear de Oi, em Fukui (NHK)

Na sexta-feira (4) o juiz do Tribunal de Osaka decidiu pelo cancelamento da permissão fornecida pelo governo, para instalação das unidades 3 e 4 da Usina Nuclear de Oi, em Fukui, da Kansai Electric Power. 

Publicidade

O processo foi movido por 127 residentes das províncias de Fukui e da região de Kinki, pedindo a revogação da permissão. Esta foi a primeira vez que um tribunal decide dessa forma. “Há pontos discordantes na decisão da Comissão Reguladora da Usina Nuclear”, justificou o juiz.

Após a decisão judicial um representante da Kansai Electric disse “é extremamente lamentável e não podemos aceitá-la de forma alguma. No futuro, confirmaremos os detalhes da decisão, iremos discutir imediatamente com o governo e tomar as medidas apropriadas”. 

A unidade 3 iniciou suas operações comerciais em 1991 e a 4 em 1993. Ambas produzem 1,18 milhões de quilowatts.

Ambas foram suspensas após o acidente da Usina Nuclear de Fukushima Daiichi em 2011, mas foram retomadas em julho de 2012, a critério do Partido Democrata do Japão naquela época, devido ao fornecimento e demanda estável de eletricidade no verão. No ano seguinte foi suspensa por causa de uma inspeção.

Mas, em março de 2018 a unidade 3 foi reiniciada e a 4 a em maio do mesmo ano. Atualmente, as duas unidades estão suspensas. As 127 pessoas que demandaram a revogação alegaram “resistência sísmica insuficiente a grandes terremotos”.

Fontes: Mainichi e NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão