Shizuoka: nível de alerta máximo em Hamamatsu e apelo à população

Publicado em 27 de novembro de 2020, em Sociedade

O governador informou sobre a elevação do nível de alerta para o máximo em Hamamatsu e de nível 4 em Shizuoka.

Neste Artigo:
&nbspShizuoka: nível de alerta máximo em Hamamatsu e apelo à população
Governador em coletiva de imprensa na tarde de sexta-feira (SUT TV)

O governador de Shizuoka, Heita Kawakatsu, fez um pronunciamento na tarde de sexta-feira (27) para informar sobre o quadro da epidemia e também para fazer pedidos à população de toda província.

Publicidade

Com os 58 testados positivo para o novo coronavírus, nesse dia dia, o total cumulativo subiu para 1.478 pessoas infectadas. Desde 18 deste mês os números diários vêm em aumento, especialmente em Hamamatsu e Shizuoka, onde até quinta-feira somaram 491 e 404 pessoas infectadas, respectivamente. 

&nbspShizuoka: nível de alerta máximo em Hamamatsu e apelo à população
Mapa da infecção da província de Shizuoka, com mais gravidade em Hamamatsu (Shizuoka Shimbun)

Por isso, o governador elevou o nível de alerta da cidade de Hamamatsu para 5, o máximo, enquanto Shizuoka foi elevado para 4.

3 semanas de cuidado máximo

Disse da fundamental importância de conter os clusters de infecção na província, especialmente nos karaokês, bares e clubes noturnos onde as pessoas não usam máscara. Portanto, pediu para evitar ao máximo de ir a esses locais, pois têm  aglomeração e bebida alcoólica que fazem as pessoas falarem mais alto, fatores que contribuem para a disseminação.

&nbspShizuoka: nível de alerta máximo em Hamamatsu e apelo à população
Desde 18 deste mês o número de novos casos diários vem aumentando (News Digest)

Além disso, ao ir a restaurantes e bares, que seja no máximo em 4 pessoas e que mantenham o distanciamento social. Informou que são mais de 35 mil panfletos que estão despachados a esses estabelecimentos com as diretrizes de prevenção, para as quais pede cooperação.

Esse período de cuidado máximo segue até 20 de dezembro.

Evite de viajar para 13 províncias

A taxa de ocupação dos leitos já está chegando a 50%, situação de tensão no sistema médico-hospitalar, explicou.

Outro pedido à população é que evite de viajar para Hokkaido, Miyagi, Ibaraki, Saitama, Chiba, Tóquio, Kanagawa, Aichi, Quioto, Osaka, Hyogo, Nara e Okinawa.

No feriado prolongado solicitou colaboração às empresas na distribuição das folgas para evitar congestionamentos e aglomerações.

Fontes: Shizuoka Shimbun e SUT TV


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão