Produção global de montadoras japonesas aumenta em outubro

Publicado em 30 de novembro de 2020, em Sociedade

A produção das montadoras japonesas aumentou pelo 2º mês consecutivo após um crescimento de 1,7% em setembro.

Neste Artigo:
&nbspProdução global de montadoras japonesas aumenta em outubro
Linha de produção de veículos (ilustrativa/banco de imagens PM)

A produção global total de oito montadoras japonesas aumentou 2,7% em relação ao ano anterior, para 2,44 milhões de veículos em outubro, continuando uma recuperação gradual dos efeitos da pandemia de coronavírus, de acordo com dados das fabricantes.

Publicidade

A produção aumentou pelo segundo mês consecutivo após um crescimento de 1,7% em setembro.

A Toyota disse que sua produção global aumentou 9% para 845.107 unidades, a mais alta para o mês, após um crescimento de 11,7% em setembro e estimulada pela recuperação das vendas no Japão e China.

A produção doméstica subiu 12%, para 309.582 unidades, suportada pela popularidade de seu renovado esporte utilitário Harrier. Sua produção no exterior aumentou 7,4% para 535.525 unidades.

As vendas globais da Toyota em outubro aumentaram 8,3%, para 847.713 unidades, também um recorde para o mês, apoiada por vendas sólidas de seus modelos de luxo Lexus na China, o maior mercado de automóveis do mundo, e um aumento na demanda por veículos nos EUA.

“O ritmo de recuperação (na produção) tem sido mais rápido do que o esperado”, disse um oficial da Toyota, acrescentando que a montadora observará de perto um ressurgimento global das infecções por coronavírus.

A Suzuki informou que sua produção global aumentou 27,1% para um recorde mensal para outubro de 304.196 unidades, beneficiando-se de vendas na Índia onde a companhia tem uma grande participação de mercado.

A produção global da Honda cresceu 5,7% com a produção na China alcançando o maior nível para outubro, enquanto a Mazda viu um aumento de 4,5% devido à sólida demanda pelo seu esporte utilitário CX-5.

A Subaru registrou um aumento de 14% na produção global, mostrando um forte aumento em comparação ao ano anterior quando a companhia foi forçada a cortar a produção devido aos efeitos da passagem de um tufão.

A produção global da Nissan caiu 15,1% devido parcialmente a uma mudança em seu foco, de volume de vendas para lucratividade.

A Mitsubishi, membro da aliança com a Nissan e Renault SA, teve queda de 33% na produção global, enquanto a Daihatsu, uma fabricante de veículos leves subsidiária da Toyota, viu uma diminuição de 3,6%.

Em outubro, as vendas globais das oito montadoras aumentaram 3,5% em comparação ao ano anterior para 2,30 milhões de unidades.

Fonte: Japan Today


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão