Inverno pode ser muito mais frio com La Niña

Publicado em 15 de setembro de 2020, em Sociedade

A agência meteorológica informou sobre a atividade do fenômeno climático La Niña. Pode ser que o inverno seja mais rigoroso.

Neste Artigo:
&nbspInverno pode ser muito mais frio com La Niña
Cidade de Matsue em fevereiro de 2018 (arquivo da FNN)

Na semana anterior a AMJ-Agência de Meteorologia do Japão informou que o fenômeno La Niña entrou em atividade. Oposto do El Niño, esse resfria a superfície do Oceano Pacífico.

Publicidade

Segundo a AMJ é provável que o fenômeno climático continue até o inverno, com probabilidade de 70%. Isso significa possibilidade de muito frio, com mais neve no Japão.

Em 2017 o La Niña entrou em atividade no outono, mudando o inverno no arquipélago principal, marcado por baixas temperaturas recordes e neve pesada até fevereiro de 2018. 

Em 9 de fevereiro desse ano a cidade de Matsue (Shimane) chegou a -7ºC, com neve pesada, ao ponto de causar paralisações nas estradas. Fazia 37 anos que a cidade não tinha registro de temperatura tão baixa. 

Até o momento, mesmo com esse fenômeno, a temperatura média continua alta até outubro. Em novembro espera-se que seja mais suscetível aos efeitos do ar frio, com temperaturas da média anual, de Hokkaido a Kyushu. Pode ser que o número de dias frios aumente repentinamente no final do outono.

Em 25 deste mês a AMJ divulgará a previsão do tempo para o inverno e suas perspectivas.

Fontes: FNN e Tenki


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão