Governo planeja abrandar regra relacionada ao coronavírus para permitir mais pessoas em eventos

Publicado em 8 de setembro de 2020, em Sociedade

Abrandamento pode ocorrer em meio a sinais de que casos de coronavírus estão diminuindo a nível nacional, disseram fontes do governo.

Neste Artigo:
&nbspGoverno planeja abrandar regra relacionada ao coronavírus para permitir mais pessoas em eventos
Uma das entradas do Kyocera Dome, estádio de beisebol em Osaka. O local tem capacidade para cerca de 36 mil pessoas  (banco de imagens PM)

O Japão planeja abrandar uma regra que limita a dimensão de multidões em eventos de esportes profissionais, musicais e outros no fim deste mês em meio a sinais de que casos de coronavírus estão diminuindo a nível nacional, disseram fontes do governo.

Publicidade

Sob a atual regra, locais de eventos têm permissão para manter até 50% de sua capacidade ou até um total de 5 mil pessoas. O governo está considerando descartar o limite de 5 mil pessoas já em 19 de setembro, disseram as fontes.

O plano será discutido quando um painel de especialistas se encontrar na sexta-feira (11).

O abrandamento da regra ocorre como parte dos esforços do governo em reavivar a economia afetada pela pandemia. A medida coincidiria com um feriado de 4 dias no Japão com início em 19 de setembro.

O ministro da revitalização econômica, Yasutoshi Nishimura, disse no mês passado que o governo poderia relaxar a restrição antes do fim de setembro se o número diário de novas infecções diminuir substancialmente.

Operadoras de eventos e espectadores terão que passar por medidas rigorosas para prevenir o ressurgimento do vírus e a propagação da influenza sazonal, disseram as fontes.

Inicialmente, o governo planejou abrandar o limite em 1º de agosto, mas foi posteriormente estendido até o fim do mês e então até o fim de setembro porque o país enfrentou dificuldades para conter o vírus.

Na reunião de sexta-feira, especialistas da saúde também poderão discutir se o governo pode acrescentar viagens de e para Tóquio a sua campanha de subsídio de viagem, de acordo com as fontes.

Tais viagens de e para Tóquio foram excluídas da controversa campanha Go To Travel, lançada em julho para reavivar a indústria turística doméstica, visto que a capital tem registrado o maior número de casos de infecções diárias do que outras partes do país.

Fonte: Japan Times


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão