Trinta e cinco anos do pior acidente aéreo do Japão

Publicado em 12 de agosto de 2020, em Sociedade

Um avião da Japan Airlines caiu em uma montanha na província de Gunma no dia 12 de agosto de 1985. Quinhentas e vinte pessoas a bordo morreram.

Neste Artigo:
&nbspTrinta e cinco anos do pior acidente aéreo do Japão
A JA8119 no aeroporto de Haneda em 1984. Essa foi a aeronave envolvida no acidente em 12 de agosto no ano seguinte que matou 520 pessoas (Wikimedia/Kjell Nilsson)

Vítimas do pior desastre aéreo do Japão estão sendo lembradas por seus familiares nesta quarta-feira (12), dia que marca 35 anos do acidente. As homenagens ocorrem em meio à contínua propagação do coronavírus.

Publicidade

Um avião da Japan Airlines – JAL caiu em uma montanha na província de Gunma em 12 de agosto de 1985. Quinhentas e vinte pessoas a bordo morreram.

Neste ano, familiares e outras pessoas estão sendo solicitadas a realizarem suas subidas anuais ao cume Osutaka em um dos cinco dias programados entre 25 de julho e 13 de agosto. Essa medida está sendo tomada para evitar a propagação do coronavírus.

Normalmente, cerca de 300 pessoas sobrem a montanha no dia que marca a tragédia. Mas neste ano, somente um número limitado de pessoas poderá visitar o local do acidente.

&nbspTrinta e cinco anos do pior acidente aéreo do Japão
O cenotáfio do voo 123 da JAL em Osutaka (Wikimedia/nattou)

A cerimônia anual de homenagem às vítimas realizada no pé da montanha também está sendo reduzida. Somente um pequeno número de pessoas da comunidade local e da Japan Airlines participará do evento.

Os participantes farão 1 minuto de silêncio às 18h56, o horário exato do acidente.

Fonte: NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão