Províncias com declaração própria para conter aumento da infecção pelo novo coronavírus

Publicado em 4 de agosto de 2020, em Sociedade

A primeira a fazer declaração foi Tóquio, seguida por várias outras onde há aumento diário do quadro de infecção pelo novo coronavírus.

Neste Artigo:
&nbspProvíncias com declaração própria para conter aumento da infecção pelo novo coronavírus
Nishiki 3 chome no centro de Nagoia (CTV)

Medidas de autocontrole têm sido anunciadas seguidamente em outras províncias após governadora de Tóquio ter declarado sua própria situação de emergência. Além dos clusters de infecção nas instituições hospitalares o agravante está nos clubes e casas noturnas que servem bebidas alcoólicas.

Publicidade

Osaka

A medida do governo local é especificamente para a cidade de Osaka, onde os clusters de infecção vem aumentando o quadro diários de novos infectados, especialmente em Minami, onde há bares, restaurantes, clubes e karaokês. 

Assim, no período de 6 a 20 de agosto os estabelecimentos comerciais que servem bebibas alcoólicas, desde bar, clubes a karaokês, o governo pede para reduzir o horário de expediente ou até o fechamento temporário, se for o caso.

O horário comercial permitido é das 5h até 20 horas. Para cada casa que atender serão fornecidos 20 mil ienes por dia, sendo 10 mil da província e 10 mil da cidade. 

O governo também pediu à população que evite de sair para beber com grupo acima de 5 pessoas. 

Aichi

O período de restrição em Aichi é exclusivo para a cidade de Nagoia, especialmente nas áreas de Sakae 3 e parte de 4 chome, Shin Sakae e Nishiki. Com o mesmo horário comercial reduzido proposto por Osaka, o período é de 5 a 24 de agosto. Será oferecida uma recompensa de 10 mil ienes diários, somando 200 mil no total. 

&nbspProvíncias com declaração própria para conter aumento da infecção pelo novo coronavírus
Imagem de grupo reunido para comer e beber (NHK)

Okinawa

O governo declarou a própria situação de emergência, em vigor no período de 1.º a 15 de agosto pedindo à população para evitar de sair sem necessidade, especialmente para outras províncias. Na área de Matsuyama, em Naha, o horário comercial das casas noturnas fica restrito até 22h.

Aos visitantes às ilhas o governo pede julgamento cuidadoso. 

Gifu 

A declaração de situação de emergência para a segunda onda está valendo desde 31 de julho. O governo local pediu à população evitar de se deslocar para outras províncias, principalmente, de sair para beber em Nagoia (Aichi).

Mie

O governo quer evitar de trazer e levar o novo coronavírus e também de não aumentar a infecção na província. Por isso, declarou alerta emergencial na segunda-feira (3). Pediu ao seu povo que evite de atravessar as fronteiras da província e também de sair sem necessidade. 

Pedidos para não ir às províncias vizinhas

Governadores, como de Kumamoto, Nagasaki, Nagano, Kagawa e outras, já pediram para evitar de visitar outras províncias, especialmente as como elevado número de casos de infecção como Tóquio, Aichi, Osaka, Fukuoka e Okinawa.

Fonte: NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão