Okinawa: mais restrições com aumento da infecção inclusive em Miyako e Ishigaki

Publicado em 5 de agosto de 2020, em Sociedade

Okinawa foi a primeira província com declaração de estado de emergência. Além das praias particulares e parte do comércio fechados, mais restrições.

Neste Artigo:
&nbspOkinawa: mais restrições com aumento da infecção inclusive em Miyako e Ishigaki
Ilha Iriomote, a segunda maior da província de Okinawa, ao lado de Ishigaki (arquivo QAB TV)

Sem poder contrariar o GoTo Travel, campanha governamental de incentivo ao turismo, a província de Okinawa vive um difícil dilema – o de receber turistas em meio à epidemia do novo coronavírus, em meio ao estado de emergência. 

Publicidade

Na quarta-feira (5) testaram positivo 77 pessoas, o segundo maior número depois das 83 do dia anterior. Assim, a soma chegou à casa dos 700, com 714 infectados no total

À parte, nas bases americanas foram 2 no Camp Foster e 1 no Camp Courtney, somando 289. 

O governador Denny Tamaki, em coletiva de imprensa na tarde de quarta-feira informou que conseguiu fechar com 3 hotéis – Naha, Ishigaki e Miyako – para acomodar os pacientes com sintomas leves ou assintomáticos que necessitam de tratamento. Muitos estavam se cuidando em casa. 

Em Ishigaki foi detectado um cluster de infecção, com 16 pessoas. Por isso, como uma das medidas do período de declaração de emergência, de 7 a 20 deste mês, os estabelecimentos comerciais da área central das 2 ilhas terão que fazer autocontrole nos horários de expediente. Na vizinha de Ishigaki, Iriomote também 1 homem foi infectado, sendo o primeiro caso da ilha. 

A medida foi tomada para evitar contágio dos idosos das ilhas mais distantes e também por causa das equipes médicas.

Ainda, como outra medida, os ferries que partem para as demais ilhas, a partir da principal de Okinawa, terão operação reduzida. Por isso, com menos horários disponíveis. Reforçou o pedido para a população se abster de ir às ilhas remotas ou se deslocar de uma ilha para outra.

Embora muitos okinawanos queiram voltar para a terra natal nas férias de verão o governador pediu que evitem contato com os avós e tios com idade mais avançada para preservá-los, dando preferência para falar com eles por telefone ou redes sociais. 

Em relação aos turistas o governador pediu que observem bem o estado de saúde. Há muitas praias e parques públicos, além de estabelecimentos fechados nas ilhas, por isso, o que se pode fazer é desfrutar das praias privadas dos hotéis.

Fontes: Ryukyu Shimpo, Okinawa Times e QAB TV


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão