Japão marca 75 anos dos bombardeios atômicos de Hiroshima e Nagasaki

Publicado em 6 de agosto de 2020, em Sociedade

Neste ano, as cerimônias serão reduzidas devido à pandemia de Covid-19.

Neste Artigo:
&nbspJapão marca 75 anos dos bombardeios atômicos de Hiroshima e Nagasaki
Parque Memorial da Paz de Hiroshima (banco de imagens)

Quinta-feira marca 75 anos desde o dia em que os EUA provocaram o primeiro bombardeio atômico do mundo na cidade de Hiroshima, seguido três dias depois pelo segundo e último em Nagasaki, vaporizando vidas, casas e a capacidade de guerra do Japão.

Publicidade

Às 8h15 de 6 de agosto de 1945, o avião B-29 dos EUA Enola Gay lançou uma bomba apelidada de Little Boy e destruiu a cidade de Hiroshima, matando 140 mil de uma população estimada de 350 mil, com milhares mais morrendo depois em decorrência de ferimentos e doenças causadas por radiação.

Em 9 de agosto os EUA lançaram outra bomba, apelidada de Fat Man, a cerca de 420Km ao sul sobre Nagasaki, matando instantaneamente mais de 75 mil pessoas abaixo de uma nuvem cogumelo que chegou a cerca de 9 mil metros de altura.

O Japão se rendeu seis dias depois, encerrando a 2ª Guerra Mundial.

&nbspJapão marca 75 anos dos bombardeios atômicos de Hiroshima e Nagasaki
Parque da Paz de Nagasaki (banco de imagens PM)

Após a explosão, escombros e metais contorcidos se estendem quase que ininterruptamente no horizonte. Postes de eletricidade e árvores acompanham a porção pontilhada de construções sem janelas as quais parecem ter suportado o impossível.

O Japão realizou uma cerimônia dos 75 anos do bombardeio em 6 de agosto na cidade de Hiroshima e na de Nagasaki será no dia 9.

Nos anos anteriores, o primeiro-ministro Shinzo Abe e os prefeitos das cidades participaram de cerimônias e renovaram promessas de um mundo livre de armas nucleares. Sinos foram tocados e um minuto de silêncio foi observado no momento exato em que as bombas detonaram ambas as cidades.

As cerimônias neste ano serão reduzidas devido à pandemia de Covid-19, com menos lugares e mensagens em vídeo de dignitários.

Fonte: U.S News


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão