Japão explorou a possibilidade de fusão entre Nissan e Honda

Publicado em 17 de agosto de 2020, em Sociedade

A sugestão foi feita às grandes montadoras japonesas no fim do ano passado, em meio à intensa competição global no setor automotivo.

Neste Artigo:
&nbspJapão explorou a possibilidade de fusão entre Nissan e Honda
Concessionárias da Honda e Nissan (banco de imagens PM)

Figuras do governo japonês tentaram neste ano trazer a Nissan e a Honda para a mesa com a finalidade de conversas de fusão, mas o projeto não deu em nada devido à rejeição da ideia por parte das companhias, divulgou o Financial Times – FT no domingo (16).

Publicidade

A sugestão foi feita às grandes montadoras japonesas no fim do ano passado, em meio à intensa competição global no setor automotivo destinada a mudar para veículos elétricos autônomos, disse o jornal de negócios internacionais, citando três pessoas familiares com o assunto.

A ideia de juntar a Nissan e Honda parece ter vindo de conselheiros do primeiro-ministro Shinzo Abe, visto que eles estavam preocupados pelo fato do estado da aliança da Nissan com a RenaultSA da França ter ficado ruim desde a prisão de Carlos Ghosn em 2018 por má conduta financeira, divulgou o jornal.

Os conselheiros de Abe temiam que as relações em deterioração da Nissan com a Renault pudessem resultar na aliança colapsando completamente e “deixar a companhia japonesa exposta”, disse o FT. A aliança de três vias também envolve a Mitsubishi Motors.

Oficiais da Honda, a segunda maior montadora do Japão em volume, resistiram à ideia, apontando a complexa estrutura de capital da Nissan com a Renault, de acordo com a reportagem. A Nissan, a terceira maior montadora do país, também se opôs a isso, visto que a companhia tem o foco de colocar sua aliança de volta nos trilhos.

A ideia desapareceu antes de ter chegado aos conselhos das duas companhias, disse o FT.

Dentre as oito grandes marcas de carros do Japão, quatro delas – Mazda, Subaru, Suzuki e Daihatsu – são vinculadas por participações cruzadas com a Toyota, a montadora líder do país, deixando somente a Honda sem uma imobilização de capital.

Crescente demanda por carros elétricos e outros gastos em tecnologia ajudaram a acelerar fusões ou alianças de montadoras em todo o mundo, com o dono da Peugeot, o PSA Group, se fundindo com a Fiat Chrysler Automobiles NV e a Ford Motos e a Volkswagen AG formando uma aliança no ano passado para reduzir custos.

Fonte: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão