Chuva torrencial continua e requer atenção em Kyushu e Tokai

Publicado em 6 de julho de 2020, em Sociedade

A frente sazonal que provocou chuva torrencial, a qual causou graves perdas humanas e danos materiais em Kumamoto deverá continuar ativa.

Neste Artigo:
&nbspChuva torrencial continua e requer atenção em Kyushu e Tokai
Sábado, 13h30, a cidade de Hitoyoshi (Kumamoto) toda inundada (ANN)

A AMJ-Agência de Meteorologia do Japão informou no final da tarde de domingo (5) que a frente sazonal deverá ficar ainda mais ativa em ampla área, o que requer cuidados com os riscos de deslizamentos. 

Publicidade

Embora as nuvens da chuva tenham dado uma trégua no domingo, em Nagoia (Aichi), permitindo que o sol mostrasse seus raios, a previsão indica que deverá voltar em ampla área, especialmente forte em Kyushu e Tokai. 

Na segunda-feira (6) não deverá ser tão forte mas no dia seguinte e até quarta-feira (8), além da chuva torrencial, raios estão previstos. 

Os índices pluviométricos previsto nas 24 horas até terça-feira (7) de manhã são:

  • 300 a 450mm em Tokai
  • 300 a 400mm no sul de Kyushu
  • 200 a 400mm no norte de Kyushu e Shikoku
  • 200 a 300mm em Kinki
  • 150 a 250mm em Kanto-Koshin 
  • 100 a 150mm em Chugoku

Em Kumamoto pode voltar a chover forte novamente. Em Aichi e Gifu a previsão é de 300 a 450mm até o fim da tarde de terça-feira.

A AMJ recomenda cautela nos locais onde o solo já está instável, pelo risco de deslizamento, além de enchentes e inundações.

&nbspChuva torrencial continua e requer atenção em Kyushu e Tokai
Previsão para terça-feira mostra as áreas em amarelo e laranja onde a chuva poderá ser mais intensa (CBC TV)
Fontes: CBC TV e NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão