Baixo número de testes PCR em Nagoia é preocupante

Publicado em 31 de julho de 2020, em Sociedade

Nagoia corre o risco de deixar passar pessoas infectadas porque o número diário de testes é baixo. O que tem por trás disso?

Neste Artigo:
&nbspBaixo número de testes PCR em Nagoia é preocupante
Novo coronavírus (Tokai TV)

Pelo terceiro dia consecutivo os resultados mostraram mais de 100 pessoas infectadas pelo novo coronavírus em Nagoia, sendo que na quinta-feira (30) foram 108.

Publicidade

No entanto, atualmente o número de testes PCR é bem pequeno em comparação a outras capitais. São cerca de 2,3 milhões de habitantes e o número médio diário de aplicação de testes é de 433. 

Em Osaka são cerca de 750 para 2,8 milhões, em Sapporo 580 para 2 milhões e em Fukuoka são 1,6 mil para 1,6 milhão de habitantes.

A reportagem da Nagoya TV perguntou a um responsável da prefeitura de Nagoia o motivo desse baixo número. A resposta foi “consideramos que é suficiente mas pensamos em aumentar”.  

O professor Nobuaki Shimizu, da Universidade da Província de Aichi, especialista em doenças infecciosas aponta “há um receio nessa restrição ao número de testes pois se pode deixar escapar os infectados. E a partir disso tem o risco da infecção se espalhar”.

Prossegue dizendo “como a infecção está muito disseminada, as pessoas com suspeita devem ser testadas ativamente”.

Governantes de Aichi versus Nagoia

&nbspBaixo número de testes PCR em Nagoia é preocupante
À esq. governador Hideaki Omura e à dir. prefeito de Nagoia, Takashi Kawamura (Tokai TV)

Por outro lado o governador Hideaki Omura disse em coletiva de imprensa que o sistema médico da província não está sob pressão e que há leitos o suficiente. Mas, isso é pelo ponto de vista da província. Na realidade, em Nagoia a situação é bem diferente, aponta a Tokai TV.

Além disso, em relação ao número de testes PCR, os munícipes da cidade de Nagoia ficam em aguardo e há casos em que a infecção é descoberta depois de um tempo. 

Nagoia tem feito 160 testes por dia enquanto a província tem capacidade para aplicar 4 vezes mais. O governador disse que já falou para a província assumir os testes de Nagoia, mas o prefeito não respondeu. O professor aponta “este não é um problema de Nagoia, toda a província de Aichi precisa se empenhar diante do problema”.

Enquanto o quadro aumenta em Nagoia o que se vê é a insuficiência de cooperação entre os governos da província e da cidade.

Fontes: Nagoya TV e Tokai TV


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão