Alunos e professores sofrem intoxicação alimentar em escolas de Saitama

Publicado em 3 de julho de 2020, em Sociedade

Foi detectada a bactéria E.coli nas fezes de alguns pacientes em exames feitos por um centro de saúde local.

Neste Artigo:
&nbspAlunos e professores sofrem intoxicação alimentar em escolas de Saitama
Classe vazia (ilustrativa/PM)

Mais de 3,4 mil alunos do ginásio e colegial, além de professores, sofreram intoxicação alimentar em 15 escolas na província de Saitama devido às refeições, disseram autoridades locais na quinta-feira (2).

Publicidade

Alunos começaram a se queixar de sintomas de intoxicação alimentar, como diarreia e dores abdominais, em 26 de junho após consumirem a refeição escolar incluindo frango frito e salada de algas marinhas em suas escolas na cidade de Yashio.

Concluindo que a intoxicação alimentar foi causada pelas refeições escolares fornecidas pela empresa Tobu Kyushoku Center, o governo provincial ordenou que a companhia suspendesse o uso de suas cozinhas por 3 dias.

Como o número de alunos com intoxicação alimentar aumentou, 377 estudantes estavam ausentes das escolas na segunda-feira (29), embora nenhum deles estivesse em condição grave.

A bactéria E.coli foi detectada nas fezes de alguns pacientes por um centro de saúde local.

Fonte: Kyodo News and Culture


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão