Setor de turismo do Japão prevê 1 a 2 anos para recuperação

Publicado em 9 de junho de 2020, em Sociedade

Hotéis, serviços de transporte e varejistas registram queda acentuada de clientes devido ao coronavírus.

Neste Artigo:
&nbspSetor de turismo do Japão prevê 1 a 2 anos para recuperação
Hóspedes em saguão de hotel (ilustrativa/PM)

O setor de turismo do Japão afetado pela pandemia de coronavírus prevê que uma recuperação leve entre 1 a 2 anos após registrar uma série de perdas de clientes, mostra uma pesquisa da Nikkei.

Publicidade

Cerca de 60% de negócios relacionados ao turismo no Japão estão vivenciando uma queda de mais de 80% nos números de clientes em meio ao coronavírus, de acordo com os resultados da pesquisa conduzida no fim de maio.

A Nikkei obteve respostas de 103 companhias relacionadas ao turismo incluindo hotéis, serviços de transporte e outras instalações.

Ela descobriu que mais da metade desses negócios estão vivenciando uma queda acentuada no número de turistas, com uma expectativa de que levará de 1 a 2 anos até a demanda se recuperar.

A pandemia em curso afetou o movimento das pessoas nacionalmente, mas restrições sobre a entrada de cidadãos estrangeiros também têm levado a uma queda acentuada no número de turistas do exterior, prejudicando negócios relacionados.

Quando perguntadas sobre o número de clientes, 33% dos negócios disseram que tiveram uma diminuição de 90% comparada ao mesmo período de um ano atrás, enquanto 16% disseram que vivenciaram uma queda de 80%. Onze por cento dos negócios responderam que o número de visitantes foi zero.

A pesquisa também mostrou que alguns negócios foram forçados a fechar por um período mais longo, enquanto o coronavírus impede viagens e consumo. Mesmo hotéis que operam em locais turísticos estão vendo uma queda de 80 a 90 por cento no número de clientes.

Muitos negócios manifestaram uma perspectiva cautelosa de futuro para quando a demanda começará a entrar a no ritmo.

Quando perguntados sobre quando eles acreditam que a demanda turística vai se recuperar aos níveis pré-coronavírus, somente 3% dos negócios responderam “seis meses depois”. O número foi 18% tanto para “1 ano depois” e “1 ano e meio depois”, enquanto 15% dos negócios responderam “2 anos depois”. Um total de 34% disse que estavam inconclusivos.

Fonte: Asia Nikkei


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão