JR East planeja abertura de 100 lojas de conveniência automatizadas

Publicado em 3 de junho de 2020, em Sociedade

Sem necessidade de dinheiro físico, lojas automatizadas também devem reduzir o risco de infecção por coronavírus.

Neste Artigo:
&nbspJR East planeja abertura de 100 lojas de conveniência automatizadas
A primeira loja de conveniência automatizada da JR East na estação Takanawa Gateway (Kyodo)

A East Japan Railway (JR East) planeja acelerar a abertura de 100 lojas de conveniência automatizadas dentro dos próximos 4 anos, disseram fontes com conhecimento do assunto na terça-feira (2), enquanto ela aproveita a necessidade de reduzir contato humano em meio à pandemia de coronavírus.

Publicidade

A primeira loja automatizada da companhia começou a operar em março na estação Takanawa Gateway, que foi aberta no início do mês como primeira nova parada na loop line Yamanote de Tóquio em quase 50 anos.

Utilizando um sistema desenvolvido pela Touch To Go, um empreendimento conjunto da JR East, as lojas têm cerca de 50 câmeras instaladas no interior para identificar cada item que o cliente leva.

Atendentes nos caixas são desnecessários, visto que os clientes podem fazer o pagamento ao encostar seus cartões IC em leitores, como o Suica, no momento que passam pela saída.

O sistema será introduzido na NewDays e outras lojas de conveniência afiliadas à JR East, assim como em menores operadas por companhias externas no futuro.

Embora funcionários sejam necessários para reestocar as prateleiras e trocar painéis das janelas, a vasta redução nos custos de trabalho é um grande ponto de venda do sistema, além da escassez de mão de obra em áreas regionais.

Sem necessidade de dinheiro físico, lojas automatizadas também devem reduzir o risco de infecção por coronavírus.

“Consultas aumentaram mais do que o esperado”, disse o presidente da Touch To Go, Tomoki Akutsu, que agora está aumentando as operações de negócios da companhia mais rápido do que o inicialmente planejado.

Além de lojas de conveniência automatizadas, a companhia está desenvolvendo um sistema que pode limitar automaticamente o número de visitantes permitidos a entrar em hospitais e prédios comerciais.

Fonte: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão