Japão planeja como começar a aceitar viajantes estrangeiros

Publicado em 22 de maio de 2020, em Sociedade

O Japão tem a intenção de reabrir as fronteiras em estágios para viajantes estrangeiros, com pessoas a negócios à frente da fila e turistas bem atrás.

Neste Artigo:
&nbspJapão planeja como começar a aceitar viajantes estrangeiros
Sinalização no Aeroporto Internacional de Kansai em Osaka (PM)

O Japão está se preparando para flexibilizar gradualmente as restrições de entrada sobre viajantes estrangeiros, com pessoas a negócios e pesquisadores sendo os primeiros a receberem a luz verde.

Publicidade

Nenhum prazo foi estabelecido ainda. Determinações serão baseadas não somente no Japão contendo o vírus, mas o quão bem outros países e territórios controlam a ameaça do coronavírus.

Taiwan, Vietnã e algumas partes da Europa que tiveram poucas infecções e têm fortes relações econômicas com o Japão serão candidatos antecipados.

Além de aprovar visitantes de certas regiões, o governo do Japão está considerando um processo de 3 estágios. Após os que vêm a negócios e pesquisadores viriam os estudantes internacionais, com turistas no fim da fila.

Na quinta-feira (21), o governo do Japão decidiu suspender o estado de emergência para  Osaka, Quioto e Hyogo. Tóquio é mantida sob o decreto, assim como outras 4 províncias.

As infecções por coronavírus no Japão estão diminuindo rapidamente, permitindo ao governo aliviar a emergência.

Impulsionar a economia

O governo está disposto a impulsionar a economia, por isso o Japão está se preparando para estender o carpete não tão vermelho para os viajantes a negócios.

Em relação a colocar os estudantes internacionais no círculo, o pensamento é que eles poderiam ajudar nas lojas de conveniência e em outras posições no setor de serviço do país que sofre com falta de mão de obra.

O turismo tem sido um trunfo para a economia do Japão por anos até agora, mas os visitantes estrangeiros foram colocados no fim da fila devido ao risco de uma segunda onda de infecções, a qual eles têm mais probabilidade de espalhar do que as pessoas que vêm a negócios ou estudantes.

O governo também estudará como outros países estão reabrindo suas fronteiras.

Na China, por exemplo, pessoas que chegam ao país devem ter em mãos um certificado o qual mostra que foram submetidas a um exame PCR (reação em cadeia da polimerase) e testaram negativo para o vírus dentro de 72 horas da partida.

Elas devem ser reexaminadas assim que desembarcarem. Se testarem negativo novamente, não precisam passar por um período de quarentena de 14 dias.

Oficiais do governo e viajantes em necessidade de consideração humanitária ainda estão sendo admitidos, dependendo da circunstância.

Fonte: Asia Nikkei


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão