Japão deve aprovar kits de teste rápido de coronavírus na quarta-feira

Publicado em 10 de maio de 2020, em Sociedade

A Fujirebio, fabricante do teste, disse que pode fornecer 200 mil kits por semana e expandirá a produção se houver mais demanda.

Neste Artigo:
&nbspJapão deve aprovar kits de teste rápido de coronavírus na quarta-feira
Profissional da saúde coloca no tubo amostra coletada com um tipo de cotonete de narina de paciente (ilustrativa/PM)

O Japão está decidido a aprovar na quarta-feira (13) kits de teste rápido para detectar em 15 a 30 minutos antígenos do novo coronavírus, visto que o país busca melhorar seu regime de testagem, disseram fontes do governo no sábado (9).

Publicidade

O governo cobrirá o novo teste sob o sistema de saúde pública do Japão, disseram fontes.

A Fujirebio, fabricante do teste, disse que pode fornecer 200 mil kits por semana e expandirá a produção se houver mais demanda.

Após a empresa sediada em Tóquio ter solicitado aprovação em abril, o ministro da saúde Katsunobu Kato disse ao parlamento na sexta-feira (8) que ele tomaria uma decisão “dentro da próxima semana”.

“Eles podem ser usados na frente médica. A fabricante disse que um número considerável (de kits) pode ser fornecido”, declarou Kato.

Testes de antígenos, os quais podem detectar proteínas únicas a um vírus, são amplamente usados para testes de influenza. Os médicos inserem um tipo de cotonete na narina de um paciente e têm os resultados no local.

Em contraste, os testes de reação em cadeia da polimerase (PCR) que são mais usados atualmente exigem o envio de amostras a laboratórios e espera de horas pelos resultados. Em alguns casos, os pacientes precisam aguardar 1 semana.

Entretanto, dizem que o teste de antígeno é menos preciso, e pacientes com quantidade limitada de vírus poderiam testar negativo.

“Cobriremos suas insuficiências com testes PCR e consideraremos como usá-lo na melhor combinação”, disse Kato.

Ele indicou que o novo teste é útil para pacientes que exigem atenção médica imediata, assim como aqueles que estão se preparando para passar por operações.

O primeiro-ministro Shinzo Abe também sugeriu usar o teste de antígeno antes dos PCRs.

Fonte: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão