Estado de emergência em Tóquio poderá ser suspenso na segunda-feira

Publicado em 23 de maio de 2020, em Sociedade

Devido ao contínuo progresso nos esforços para conter o novo vírus, o governo deve suspender o estado de emergência em Tóquio e outras 4 províncias na segunda-feira (25).

Neste Artigo:
&nbspEstado de emergência em Tóquio poderá ser suspenso na segunda-feira
Pessoas atravessando rua em Tóquio (PM)

O governo do Japão pode suspender o estado de emergência em Tóquio e outras 4 províncias já na segunda-feira (25) devido ao contínuo progresso nos esforços para conter o novo coronavírus.

Publicidade

Ele chegará a uma decisão final na segunda-feira após ouvir as opiniões de especialistas. As outras províncias são Kanagawa, Chiba e Saitama, que fazem divisa com a capital, e Hokkaido no extremo norte do arquipélago.

Tóquio registrou apenas 3 novas infecções na sexta-feira (22). O número ao longo dos últimos 7 dias tem ficado abaixo de 0.5 para cada 100 mil pessoas – um dos critérios para que o estado de emergência seja suspenso.

Entretanto, a taxa em Kanagawa e Hokkaido continuou acima desse limiar.

Na sexta-feira, o ministro da revitalização econômica Yasutoshi Nishimura disse que o número de novos casos continua a cair, e a situação em instalações médicas está melhorando em todas essas províncias. Ele sugeriu que o estado de emergência poderia ser suspenso se a atual situação continuar.

Após o governo suspender o estado de emergência para todas as províncias, ele planeja emitir diretrizes básicas sobre retomada de atividades sociais e econômicas, incluindo eventos de grande escala, viagens nacionais e promoção do turismo.

Fonte: NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão