Cidade de Shizuoka chega a 31°C, a mais alta do Japão

Publicado em 14 de maio de 2020, em Sociedade

Uma onda de calor incomum na primavera sobre o arquipélago fez os termômetros subirem, o que requer cuidado com a hipertermia.

Neste Artigo:
&nbspCidade de Shizuoka chega a 31°C, a mais alta do Japão
Ventilador e sol (PxFuel)

A onda de calor, desde segunda-feira (11) tem feito os termômetros subirem. Na quarta-feira (13) a cidade de Shimizu (Shizuoka) foi a que teve a maior do país, com 31,3°C.

Publicidade

Foi levemente inferior à de Kiryu (Gunma) na segunda-feira, de 31,4°C. Especialmente as províncias banhadas pelo Oceano Pacífico têm tido calor incomum para a primavera, durante o dia. Algumas cidades de Yamanashi e Chiba também tiveram calor de 30°C.

Em Maebashi (Gunma) e Nagoia (Aichi) a temperatura máxima chegou a 28°C, enquanto em Tóquio 26°C.

Máscara aumenta risco de hipertermia

&nbspCidade de Shizuoka chega a 31°C, a mais alta do Japão
Temperaturas de 30 graus Celsius em vermelho e em rosa igual ou superior a 25 (Weather News)

Além de ser uma época que o corpo não está acostumado ao calor, ainda o país está no momento do isolamento social. Mesmo que seja cancelado o estado de emergência o governo continuará pedindo que toda a população use máscara. E ela contribui para aumentar o risco de hipertermia. 

Portanto, é preciso ficar atento, para não ser encaminhado ao hospital, já que o sistema médico está passando por um período muito difícil. Se ainda não leu a matéria sobre os cuidados para evitar hipertermia e insolação toque aqui.

Fontes: Weather News e Jomo Shimbun


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão