O que muda no cotidiano com a declaração de estado de emergência em Aichi

Publicado em 10 de abril de 2020, em Sociedade

Depois da declaração de estado de emergência, de forma autônoma, o governador explicou mais detalhes sobre esse decreto.

Neste Artigo:

&nbspO que muda no cotidiano com a declaração de estado de emergência em Aichi

Publicidade

A declaração de estado de emergência na província de Aichi, por conta própria, foi feita às 13h de sexta-feira (10), a qual segue o mesmo calendário do decreto do país, portanto, até 6 de maio. Foi uma medida para tentar conter o avanço da infecção pelo novo coronavírus.

Em relação à população Hideaki Omura, o governador, solicitou o isolamento social na medida do possível, sem impor obrigatoriedade. “Solicito a cada um dos cidadãos consciência nas ações”, enfatizou.

Também reforçou a importância do afastamento social o que significa manter uma distância de 2 metros do interlocutor ou das pessoas; evitar ir a locais com aglomeração e pouco ventilados, quando precisar sair

As escolas públicas ficam fechadas temporariamente até 6 de maio.

Sem lockdown, no caso de necessidade as pessoas podem continuar usando o transporte público, as rodovias e vias expressas.

Medidas médico-hospitalares

Promover iniciativas para proteger a vida e a saúde dos cidadãos da província, como fortalecer o sistema de provisão médica, aprimorar o sistema de exames, estabelecer um sistema de consulta e fornecer informações.

Comércio, serviço e indústria

Em relação à infraestrutura para o cotidiano, como bem-estar e atividades médico-hospitais, devem continuar funcionando normalmente. 

Como não impôs fechamento temporário das empresas, seja de serviço ou comércio, poderão continuar atendendo. Portanto, instituições financeiras, logística, indústrias, comida e bebida, entre outros segmentos podem continuar com seus expedientes.

Solicito a cada um dos cidadãos consciência nas ações

Se no futuro a província de Aichi for incluída na lista da capital e das 6 províncias em estado de emergência, poderá solicitar que uma parte dos segmentos comerciais seja fechada temporariamente, como tem feito Tóquio e Kanagawa, por exemplo.

Medidas econômicas

Para as PMEs e indústrias fornecerá apoio com base nas medidas econômicas de emergência, tanto do país quanto da província.

Supermercados, farmácias e lojas de conveniência

Apita, Piago, Aeon, Max Value e outros supermercados continuarão com expediente, porém algumas lojas reduzirão o horário de funcionamento. 

As lojas de conveniência Seven-Eleven, FamilyMart e Lawson terão expediente normal. 

A rede Sugi Pharmacy informou que abrirá normalmente.

Portanto, as compras podem ser feitas normalmente, sem a necessidade de estoque em casa.

Trens 

As companhias Meitetsu, Kintetsu e JR informaram que as operações continuarão normais, bem como o metrô em Nagoia.

Fontes: NHK, CBC TV e Chunichi 


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!