Governadores das 4 províncias de Tokai respondem à declaração de emergência

Publicado em 8 de abril de 2020, em Sociedade

Depois do decreto da declaração de estado de emergência, na terça-feira, os governadores fizeram pronunciamento. Leia o que eles falaram.

Neste Artigo:
&nbspGovernadores das 4 províncias de Tokai respondem à declaração de emergência
Imagem: PM

Após a declaração de estado de emergência em Tóquio e 6 províncias cada governador fez seu pronunciamento em resposta a esse decreto. 

Publicidade

Shizuoka fecha escolas de novo

Em Shizuoka, onde o número de casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus subiu para 22 o governador Heita Kawakatsu disse na mesma noite “solicito que tome medidas para evitar completamente o risco de contágio”, mandando mensagem a toda população local. Outro recado foi para as pessoas voltando às suas terras natais, dos 7 locais em estado de emergência “não podemos negar a possibilidade de já estar infectada”.

&nbspGovernadores das 4 províncias de Tokai respondem à declaração de emergência
Governador de Shizuoka (Shizuoka TV)

Em relação às crianças e jovens, decidiu fechar temporariamente as escolas de 11 a 26 deste mês e cada secretaria de educação já emitiu os comunicados. 

Para a população de sua província recomendou ações de prevenção como evitar sair sem necessidade e manter o afastamento social.

Home office, aulas online e isolamento social em Mie

O governador de Mie, Eikei Suzuki, também fez pronunciamento para informar que já pediu para a secretaria de educação oferecer aulas online para os alunos da rede pública de ensino no período das escolas fechadas temporariamente.

&nbspGovernadores das 4 províncias de Tokai respondem à declaração de emergência
Suzuki, governador de Mie (Tokai TV)

Pediu aos residentes que se abstenham de ir às 7 províncias em estado de emergência, assim como para Hokkaido, Quioto e a vizinha Aichi. Também solicitou que as pessoas dessas localidades não retornem às suas cidades natais para visitar os familiares e amigos nesse período de 1 mês. 

Além disso disse para a população “não sabe onde e quando se infecta, por isso tome ações com isso em mente”, alertando para evitar as saídas sem necessidade.

Para as empresas solicitou empenho em priorizar o home office na medida do possível. 

Em Mie o total de casos de infecção continua estável, com 13.

Aumento de pessoas infectadas em Gifu

Até terça-feira o número de casos era de 69, com novos 10 casos. O governador Hajime Furuta também se pronunciou da mesma forma solicitando que famílias, amigos e colegas de trabalho que moram em uma das 7 províncias abstenham-se de voltar a casa, seja em viagens de negócios ou visitas sem necessidade urgente.

Aichi quer ser uma das províncias com declaração de emergência

A província é a quinta em número de pessoas infectadas, com 259, e 21 mortes, até a manhã de quarta-feira, mas foi deixada para trás no decreto. 

&nbspGovernadores das 4 províncias de Tokai respondem à declaração de emergência
Prefeito de Nagoia (NHK)

Takashi Kawamura, o prefeito de Nagoia, logo após o decreto, manifestou desejo de pedir para que sua cidade ou província seja incluída.

O governador Hideaki Omura, disse “não podemos negar que as pessoas venham dessas 7 áreas para suas cidades natais”, temendo o aumento do quadro da disseminação.

Também manifestou a inclusão e pediu à população para evitar visitar as 7 províncias, além dos cuidados de prevenção, incluindo distanciamento social no dia a dia.

Fontes: CBC TV, Tokai TV, Mie TV, NHK, Gifu Shimbun e Shizuoka Shimbun


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão