Governadores apelam para cidadãos não saírem de suas províncias no feriado

Publicado em 27 de abril de 2020, em Sociedade

Um deles chegou a dizer ʽquero que se arrependa se vier para cáʼ, o qual teve apoio popular mesmo tendo sido áspero. #StayHome, #StayInTokyo, disse Koike.

Neste Artigo:
&nbspGovernadores apelam para cidadãos não saírem de suas províncias no feriado
Mensagens dos governadores (PM)

A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, pediu ao povo que fique em casa e fique na região metropolitana, a fim de salvar vidas, apelando para que não se movimente para outras províncias no feriado de Golden Week.

Publicidade

O de Okayama, Ryuta Ibaragi, foi elogiado pelos cidadãos depois de um comentário enfático. Anunciou que irá medir a temperatura das pessoas na PA de Seto, da via expressa Sanyo. “Se você se sentir constrangido com seu rosto exposto na reportagem, quero que se arrependa de ter vindo a Okayama”, disse.

Nas redes sociais os comentários o apoiaram. Alguns disseram que se não falasse nesse tom forte muitos ainda não compreendem a importância do isolamento social. Outros se sentiram defendidos por ele. Ibaragi reforçou o pedido dos outros colegas governadores que se manifestaram para evitar o trânsito das pessoas de uma província para outra.

Pontos turísticos e de lazer fechados

Da mesma forma os de Quioto, Mie, Hokkaido, Kanagawa, Osaka e outras províncias cheias de atrativos turísticos, pedem para que as pessoas não voltem para suas cidades natais, tampouco viagem para lá. 

As autoridades de cada uma das províncias estão tomando medidas severas para fechar temporariamente esses locais turísticos ou de lazer, até o fim do período de declaração de emergência.

O governador de Tokushima também disse que não quer pessoas de outras províncias na sua. Mandou conferir as placas dos veículos que passam pela via expressa, desde 22 deste mês.

Okinawa fechada e mais de 50 mil irão para lá

O de Okinawa se manifestou muito preocupado pois soube, na sexta-feira (24) que as companhias aéreas venderam 60 mil assentos para o feriado prolongado.

Denny Tamaki apelou: “infelizmente, Okinawa não pode fornecer hospitalidade suficiente em meio à declaração de emergência. O sistema médico, incluindo das ilhas remotas, também está em emergência. Cancele sua viagem a Okinawa. Faça StayHomeWeek (semana FiqueEmCasa)  e aguarde até que seja aceitável, por favor”. ANA e JAL estão atendendo aos cancelamentos das reservas nas respectivas páginas web.

Iniciativas de artistas e grupos locais também reforçam o pedido de Tamaki, avisando que as praias e pontos turísticos estão fechados, além dos hospitais estarem trabalhando já acima de suas capacidades.

Se novas infecções ocorrerem as ilhas de Okinawa terão colapso hospitalar. São apenas 40 leitos e o número de casos chegou a 138. A maioria está sendo atendida em hotel alugado pelo governo.

Veja o vídeo de um comediante pedindo para não ir a Okinawa e explica os motivos.

Fontes: Yahoo!, Huffington Post, Okinawa Times, Ryukyu Shimpo, Kyoto Shimbun e Asahi 

 


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão