Governador de Gifu declara estado de situação de urgência

Publicado em 10 de abril de 2020, em Sociedade

Embora o termo seja parecido o governador não usou declaração de estado de emergência mas sim de urgência 非常事態宣言, lê-se hijo jitai sengen.

Neste Artigo:
&nbspGovernador de Gifu declara estado de situação de urgência
Governador de Gifu na tarde de sexta-feira (transmissão ao vivo)

Às 14h40 de sexta-feira (10) o governador da província de Gifu, Hajime Furuta, realizou uma conferência para explicar sobre a declaração de estado de situação de urgência ou extrema (非常事態宣言, lê-se hijo jitai sengen), tecnicamente um pouco diferente da de estado de emergência (緊急事態宣言, lê-se kinkyu jitai sengen). 

Publicidade

O prazo do decreto de forma autônoma é o mesmo da declaração de emergência, da capital e mais 6 províncias, além de Aichi, autonomamente, portanto até 6 de maio.

Sobre os 86 casos e uma morte até sexta-feira, e é provável que aumente porque há pessoas aguardando o resultado do exame. O aumento tem sido progressivo, de 2,5 vezes mais de uma semana para outra. Os clusters têm ocorrido na província, já detectados, mas de onde ocorreram os aumentos de casos, especialmente na área de Mino.

Pediu compreensão da população para as ações de distanciamento e isolamento social e reforçou a importância, já que o vírus é transportado quando as pessoas se locomovem. Se não puder evitar por algum motivo, cuidar com a aglomeração de pessoas, locais pouco ventilados e ações de higiene pessoal.

Para as empresas, como vêm ocorrendo clusters, aos estabelecimentos como karaokê, clubes noturnos, restaurantes, bares, academias de ginástica, entre outros, pede medidas como desinfecção do local, treinamento sobre higiene dos funcionários, redução do horário de expediente e procurar tomar todos os cuidados para evitar a disseminação da infecção.

Na medida do possível pediu para as pessoas permanecerem em casa e usou o termo em inglês stay home. Portanto, para quem puder fazer home office seria adequado, mas há quem precise ir para o trabalho, nesse caso recomenda os cuidados de prevenção.

A data para fechamento temporário era até 19 deste mês às escolas públicas, do primário ao colegial, mas devem ficar fechadas temporariamente até 6 do próximo mês, exceto para as creches públicas que precisam continuar atendendo crianças cujos pais trabalham. Também informou adiamento ou cancelamento dos eventos públicos.

Diariamente se pode realizar de 120 a 130 exames para verificar a infecção. Conseguiu aumento de leitos para receber os pacientes.

Em relação ao suporte econômico, além dos subsídios do governo da união, pretende suplementar o orçamento.

Fontes: Nikkei, Gifu Shimbun e transmissão ao vivo


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão