Fujifilm aumentará produção do Avigan para tratamento do coronavírus

Publicado em 31 de março de 2020, em Sociedade

Ações da empresa aumentam após Shinzo Abe apoiar pesquisa clínica do medicamento.

Neste Artigo:
&nbspFujifilm aumentará produção do Avigan para tratamento do coronavírus
A Fujifilm reiniciou a produção do Avigan no início de março (NHK)

A Fujifilm Holdings disse na segunda-feira (30) que estava se preparando para aumentar a produção do Avigan, após o primeiro-ministro Shinzo Abe ter manifestado suporte para o uso do medicamento contra influenza no tratamento de pacientes infectados com o novo coronavírus.

Publicidade

Ensaios clínicos começam nesta terça-feira (31). Alguns médicos no Japão já administraram o Avigan para propósitos de pesquisa, mas testes clínicos liderados pela companhia são uma necessidade a fim de ganhar aprovação para ampla distribuição como tratamento.

Os experimentos serão conduzidos pela subsidiária Fujifilm Toyama Chemical em cerca de 100 pessoas.

O Avigan ganhou atenção após a China dizer que ele é eficaz contra a Covid-19

O governo japonês tem uma reserva estratégica de 2 milhões de doses de Avigan, mas essa quantidade pode não ser suficiente para todos os pacientes de coronavírus.

A Fujifilm reiniciou a produção do Avigan no início de março. Para aumentá-la, a companhia está pedindo ajuda de fornecedores de matéria-prima e está considerando terceirizar parte do processo de fabricação.

Ações da Fujifilm dispararam com a notícia, aumentando 11% para 5,549 em um ponto na segunda-feira em Tóquio.

O Avigan, desenvolvido pela Toyoma Chemical, ganhou atenção no início de março, após um oficial chinês ter dito que ensaios clínicos indicaram que o medicamento é eficaz no tratamento do coronavírus.

Abe sugeriu no sábado (28) que o Japão seguiria o exemplo da China em considerar o Avigan como tratamento para coronavírus, dizendo que a nação “expandirá pesquisa clínica” sobre o Avigan e “começará a aumentar a produção do medicamento”.

“Também planejamos iniciar o processo de ensaio clínico exigido para aprovação formal de tratamentos para infecção pelo novo coronavírus”, acrescentou Abe.

Abe falou com o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde – OMS, Thedros Adhanom Ghebreyesus por telefone na segunda-feira, em que o líder japonês explicou que o país conduzirá ensaios clínicos para o Avigan a fim de que ele seja oficialmente aprovado como medicamento contra coronavírus.

Tedros disse que a OMS está determinada a coordenar entre os países para desenvolver vários medicamentos e vacinas contra a Covid-19.

O Avigan foi aprovado por reguladoras japonesas em 2014

O Avigan foi aprovado por reguladoras japonesas em 2014. Mas, ao contrário de outros medicamentos para influenza como o Tamiflu, ele não esteve em produção contínua porque é somente usado para tratar novos ou reemergentes vírus da influenza, e a pedido do ministro da saúde.

No início de março, o governo chinês disse que o Avigan provou ser eficaz contra o vírus em ensaios clínicos. Nenhum efeito colateral óbvio foi reportado. Entretanto, alguns pesquisadores têm alertado que o Avigan precisa ser usado com grande cautela porque ele pode causar sérias anormalidades fetais se tomado por gestantes.

Fonte: Asia Nikkei


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão