Covid-19: aumento de empresas japonesas com funcionários trabalhando em casa

Publicado em 17 de fevereiro de 2020, em Sociedade

As empresas no Japão, cujos funcionários podem fazer jornadas em casa, estão adotando o trabalho remoto para evitar contágio do Covid-19.

Neste Artigo:
&nbspCovid-19: aumento de empresas japonesas com funcionários trabalhando em casa
Executivo trabalha de casa (Pexels)

Com o aumento de casos do novo coronavírus, o Covid-19, mais empresas do Japão têm adotado o trabalho remoto. Ou seja, os funcionários trabalham em casa e se reportam através de teleconferência. 

Publicidade

Neste verão estão previstos congestionamentos de tráfego na região metropolitana de Tóquio devido aos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos 2020. No contexto das recentes reformas do estilo de trabalho é provável que esse sirva de modelo para a introdução nessa época também.

Especialmente as empresas da área de TI-tecnologia da informação já vem adotando essa prática desde o final de janeiro quando começaram a aparecer os primeiros casos de pacientes com o novo coronavírus. 

As primeiras a adotarem o trabalho remoto

O GMO Internet Group foi um dos pioneiros, desde 27 de janeiro. Cerca de 4 mil funcionários de Shibuya (Tóquio), Osaka e Fukuoka passaram a trabalhar em casa por determinação da empresa.

No caso de necessidade de ir até uma das bases da companhia adotou a proibição de se locomover de transporte público. Foram orientados a usar o próprio carro ou táxi, devendo usar máscara e luvas para atendimento às visitas. Também estão proibidos de saírem para almoçar fora, devendo usar as cafeterias da empresa. 

&nbspCovid-19: aumento de empresas japonesas com funcionários trabalhando em casa
Videoconferência é uma das ferramentas do teletrabalho (NeedPix)

O Otbank, que produz e distribui conteúdo de áudio, trabalha basicamente em casa desde 27 de janeiro. Além disso, recomenda que no caso de ser inevitável ir ao trabalho, evitar de usar os trens no horário de rush, das 7h às 10h, somente para atender visitas que já estavam agendadas há mais de 2 semanas. 

A Dwango também adotou esse estilo a partir de segunda-feira (17) para os seus mil funcionários. Só devem comparecer na sede em casos de visita e de situações que demandem isso. 

Videoconferência ao invés de reunião física

A Yahoo! emitiu um aviso para todos os 6,5 mil funcionários no dia 14 para evitar o uso de transporte público no horário de rush e proibiu a participação de reuniões ou eventos onde mais de 100 pessoas se aglomeram. Pediu escalonamento nos horários de expediente para evitar contágio.

O grupo NTT tem mais de 200 mil funcionários em todo arquipélago e também introduziu o teletrabalho a partir de segunda-feira (17), gradativamente. Está incentivando seus funcionários a usarem teleconferência ou videoconferência ao invés da tradicional reunião física. Além disso, tomará medidas para que os funcionários japoneses e suas famílias que trabalham em toda a China, como Xangai e Pequim, onde estão localizadas suas bases, retornem ao Japão.

Da mesma forma, Spectree também informou no domingo (16) que a partir de segunda-feira todos os seus funcionários darão expediente em casa. 

Assim, muitas empresas de TI e outras relacionadas, independente do porte, estão tomando medidas para evitar que seus funcionários sejam infectados pelo Covid-19. 

Fontes: Nikkei, NHK e J-Cast


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Easy Car Ride, carros e financiamentos
Kumon - estude japonês por correspondência!
Empregos no Japão - Outsorcing