Ministros do G20 se reúnem em Nagoia

Publicado em 22 de novembro de 2019, em Sociedade

Na cidade de Nagoia, ministros de relações exteriores do G20 se reúnem nesta sexta-feira (22) para um encontro de 2 dias. Participação da Coreia do Sul ainda está pendente por conta de tensões com o Japão.

Neste Artigo:
&nbspMinistros do G20 se reúnem em Nagoia
Segurança reforçada em Nagoia por causa do G20 (News 24)

Ministros de Relações Exteriores do G20 se reúnem nesta sexta-feira (22) na cidade de Nagoia (Aichi) para um encontro de 2 dias, embora a participação da Coreia do Sul se mantivesse em questão horas antes de uma planejada expiração de um acordo militar com Tóquio em meio à tensões de longa data relacionadas ao tempo de guerra.

Publicidade

O Acordo de Segurança Geral de Informação Militar (GSOMIA) foi assinado em novembro de 2016 para permitir que os dois aliados dos EUA compartilhasse inteligência diretamente, principalmente aquela relacionada à ameaça representada por mísseis norte-coreanos e armas nucleares.

Seul disse em agosto que não renovaria o acordo, uma resposta à decisão de Tóquio de endurecer os controles sobre exportação de tecnologia para a Coreia do Sul após decisões de tribunais no país terem ordenado a empresas japonesas que pagassem compensação por trabalho forçado em tempo de guerra.

Enquanto a participação de Kang Kyung Wha estava em dúvida, o ministro de relações exteriores do Japão Toshimitsu Motegi estava programado para realizar uma série de reuniões um a um com homólogos nesta sexta-feira, incluindo Sergei Lavrov da Rússia.

Na conferência do G20, a última de uma série de encontros ministeriais do Grupo dos 20 que o Japão sediou neste ano, Motegi espera discutir reformas na Organização Mundial do Comércio.

Líderes do G20 concordaram na reunião em junho que enquanto “o comércio internacional e investimentos sejam motores importantes de crescimento”, é importante melhorar o sistema de resolução de conflitos da organização sediada em Genebra.

Metas de desenvolvimento sustentável e crescimento no continente africano estão entre as questões que o Japão quer focar, embora outras preocupações como a guerra comercial entre EUA e China, e os programas nuclear e de mísseis da Coreia do Norte também possam surgir.

Motegi também se encontrará com o homólogo chinês Wang Yi na segunda-feira (25) em Tóquio para discutir preparações para a visita do presidente chinês Xi Jinping como convidado de estado na próxima primavera.

Fonte: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Easy Car Ride, carros e financiamentos
UNIP - Faculdade a distância no Japão