Novo casal imperial japonês traz uma face mais informal à monarquia

Publicado em 21 de outubro de 2019, em Sociedade

Eles são o primeiro casal imperial do Japão com diplomas universitários, falam vários idiomas e têm anos de experiência de vivência no exterior.

Neste Artigo:
&nbspNovo casal imperial japonês traz uma face mais informal à monarquia
O imperador Naruhito e a imperatriz Masako aguardam a chegada do presidente dos EUA Donald Trump e da primeira-dama Melania para o Banquete do Estado em 27 de maio de 2019 no Palácio Imperial em Tóquio (Wikimedia/The White House)

O imperador Naruhito e a imperatriz Masako trouxeram um toque mais informal a uma das monarquias mais antigas do mundo, conversando em inglês com visitantes estrangeiros, se divertindo com as crianças e até brincando com cães.

Publicidade

Eles são o primeiro casal imperial do Japão com diplomas universitários, falam vários idiomas e têm anos de experiência de vivência no exterior – quando o imperador até lavou sua própria roupa.

Seis meses após ascenderem ao Trono do Crisântemo formalmente, eles pareceram atender esperanças de que tornarão a monarquia mais internacional e a trarão para mais perto das vidas de pessoas comuns.

Eles também surpreenderam positivamente muitos japoneses que temiam que eles poderiam ter problemas em seguir seus predecessores – Akihito e Michiko – principalmente a imperatriz Masako, que luta há anos com o que autoridades do palácio denominam como “transtorno de adaptação”.

“Embora os antigos imperador e imperatriz serem vistos como próximos das pessoas, os atuais parecem ainda mais. Acho que é porque eles lembram mais as pessoas comuns”, disse Hideya Kawanishi, professor assistente de História da Universidade de Nagoia.

“Eles estão simplesmente adequados à era atual de muitas maneiras. Por exemplo, há fotos com o imperador usando smartphone. Eles se parecem mais conosco”.

O imperador Naruhito, de 59 anos, o mais velho de três filhos, é o primeiro a ser cuidado pela sua mãe ao invés de enfermeiras e tutores. Seus pais realizaram esforços para dar a ele uma infância comum, incluindo mandá-lo para a escola com lanche preparado em casa.

Estudante de transporte aquático, ele se formou pela Universidade Gakushuin e então passou dois anos em Oxford, na Inglaterra, os quais ele descreveu serem os melhores de sua vida.

Posteriormente, ele enfrentou autoridades do palácio para se casar com a diplomata Masako Owada, agora com 55 anos, que foi criada principalmente no exterior, após ela ter chamado sua atenção durante um concerto.

Os dois têm uma filha, Aiko de 17 anos que, como mulher, não pode ascender ao trono.

A experiência do casal no exterior foi evidente quando eles organizaram um banquete para o presidente dos EUA Donald Trump logo após a entronização em maio. Após conversar com Trump e sua esposa Melania, o imperador Naruhito dispensou o protocolo de usar um intérprete.

“Acho que os antigos imperador e imperatriz também podiam ter falado em inglês, mas os atuais o fazem inerentemente – é uma prova real devido a todo o tempo deles no exterior”, disse o professor Kawanishi.

O casal parece um mundo longe do sério, distante do tribunal antigo.

O imperador Naruhito tirou selfies com pessoas do público enquanto estava no exterior, e no Japão recentemente o casal se divertiu com crianças e brincaram com cães durante uma visita a um abrigo para os animais.

“A juventude relativa deles é convidativa e isso não é algo que poderíamos imaginar o antigo casal imperial fazendo, pelo menos não tão naturalmente”, disse o professor Kawanishi.

Os esforços da imperatriz Masako com a vida no palácio e seu transtorno de adaptação, o qual a manteve amplamente longe dos olhos do público por uma década, estavam em contraste total com Michiko, cujo desempenho era geralmente chamado de “impecável”.

Como uma imperatriz com um sorriso disposto, Masako dissipava amplamente a preocupação em relação à sua saúde.

“Ela melhorou em relação aos seus compromissos públicos e está participando de vários eventos”, disse Hidehiko Kasahara, professor da Universidade de Keio, especialista em questões da realeza.

“Certamente que a saúde dela é uma questão mental então há altos e baixos, mas preocupações certamente desapareceram”.

Embora um aumento nas responsabilidades signifique que a imperatriz Masako possa ter mais restrições em seu tempo, ascender à posição pode ter dado à ela mais liberdade no que é vinculado ao protocolo.

Por enquanto ela e o imperador parecem estar procedendo de forma cuidadosa com mínimos ajustes, embora isso possa mudar à medida que eles estabeleçam seus papéis.

“Quando Masako se encontra com dignitários estrangeiros, ela tem confiança e sua conversação tem conteúdo”, disse Kasahara.

“O fato de que ela pode agir como deseja significa que há menos estresse. Ao invés disso, é um a mais para sua recuperação”.

Fonte: The Straits Times/Reuters


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!
Easy Car Ride, carros e financiamentos