Muitas das mortes nos recentes tufões ocorreram enquanto as vítimas viajavam de carro

Publicado em 29 de outubro de 2019, em Sociedade

A Agência de Meteorologia do Japão pede às pessoas que não viajem usando veículos quando o nível de chuva exceder 50mm/h.

Neste Artigo:
&nbspMuitas das mortes nos recentes tufões ocorreram enquanto as vítimas viajavam de carro
Área na cidade de Ichihara em Chiba após a passagem do tufão Hagibis no início de outubro (NHK World)

Muitas das mortes decorrentes dos recentes tufões no Japão ocorreram enquanto as vítimas estavam viajando em veículos, disseram autoridades locais na segunda-feira (28), destacando a necessidade das pessoas realizarem a evacuação antecipada por segurança com tempo suficiente.

Publicidade

Cinco das 10 pessoas que morreram nas províncias de Fukushima e Chiba em decorrência da chuva pesada que acompanhou o tufão Nº 21, Bualoi, no fim da semana passada foram encontradas dentro ou perto de carros que ficaram submersos ou foram arrastados pelas águas, enquanto 25 das 87 que perderam a vida na passagem do Nº 19, o Hagibis, no início do mês também estavam em veículos.

“As pessoas não têm escolha além de usar veículos quando viajam longa distância com idosos ou crianças em meio à chuva”, disse Hirotada Hirose, professor emérito na Universidade Cristã da Mulher de Tóquio especializado em estudos de riscos de desastre.

“O que é importante é o tempo”. As pessoas devem seguir instruções do governo e terminar cedo o processo de evacuação ou viagem.

O governo da província de Fukushima disse que uma mulher de 61 anos foi encontrada morta e seu filho de 38 desapareceu na cidade de Soma (Fukushima) após o veículo deles, aparentemente, ter sido arrastado pelas águas da inundação.

Em Nagara (Chiba), Choju Iwase de 88 anos foi encontrado dentro de um veículo submerso após falar para seu filho por telefone que estava preso. Iwase estava planejando se abrigar na casa do filho que fica em uma encosta, de acordo com o governo de Chiba.

O carteiro Naruo Tsuruoka, de 54 anos, também de Nagara, morreu após seu veículo ter sido arrastado de uma ponte quando ele estava indo buscar seu filho de 6 anos.

As diretrizes de evacuação da província de Chiba para tsunami dizem que uma altura de 50cm de água pode deixar uma pessoa presa no veículo, fazer com que ele flutue e o colocando sob risco de ser arrastado.

A Agência de Meteorologia do Japão – AMJ pede às pessoas que não viajem usando veículos quando o nível de chuva exceder 50mm/h.

Fonte: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!