Aumentam avistamentos e ataques de ursos em Niigata

Publicado em 12 de outubro de 2019, em Sociedade

O aumento de avistamentos de ursos e até ataques graves a pessoas se deve a uma escassez de alimentos antes da época de hibernação.

Neste Artigo:
&nbspAumentam avistamentos e ataques de ursos em Niigata
Um urso negro asiático (ilustrativa/banco de imagens PM)

Uma escassez de alimentos antes da época de hibernação provavelmente está aumentando avistamentos de ursos e até ataques graves a pessoas em áreas populosas na província de Niigata, na costa do Mar do Japão.

Publicidade

De acordo com a divisão de planejamento ambiental da província de Niigata, houve 646 avistamentos de ursos ou traços dos animais relatados de 1º de abril ao fim de setembro – cerca de 100 vezes do que o mesmo período em 2018.

Além disso, houve pelo menos cinco ataques de ursos desde o início de setembro e autoridades estão pedindo aos residentes que fiquem em alerta contra os animais.

Em um incidente no dia 25 de setembro, um homem que fazia caminhada, na faixa dos 40 anos, foi atacado em uma rua na cidade de Minamiuonuma. O urso o deixou com um ferimento grave provocado por arranhadura que causou uma internação de duas semanas.

Em 2 de outubro, um homem na faixa dos 20 foi atacado quando ele entrava no carro na frente de sua casa. Ele foi mordido pelo animal várias vezes.

“Neste ano, estamos constatando muitos ataques não dentro das montanhas, mas em locais onde as pessoas circular regularmente”, disse um membro da divisão de meio ambiente.

O aumento nos avistamentos de ursos parece se originar de uma combinação de grande safra de nozes selvagens em 2018 e a escassez desse ano. Normalmente, as árvores que dão nozes produzem frutos abundantes para 3 a 4 anos, seguidos por 3 a 4 anos de rendimento escasso.

O de 2018 foi um ano abundante, incluindo para um certo tipo de noz que forma grande parte da dieta alimentar dos ursos. Com abundante alimentação disponível, acredita-se que as ursas tiveram mais filhotes, aumentando a população de ursos na área.

Entretanto, isso deixou os ursos com menos alimentos quando a safra de nozes deste ano ficou escassa e parece que essa insificência forçou os animais a buscarem comida perto de onde vivem as pessoas antes de sua hibernações.

“Ursos de porte grande vivem em meio às montanhas, enquanto as bases montanhosas são lares para os animais mais jovens. Se os maiores vão para as bases em busca de comida, isso geralmente força os mais jovens para o que são zonas neutras entre os ursos e humanos”, citou Kazuhiko Maita, diretor do Instituto para Pesquisa e Preservação de Ursos Negros Asiáticos, uma organização sem fins lucrativos.

A seção de meio ambiente da província está pedindo às pessoas que tomem precauções para evitar encontros com os animais.

Primeiro, quando seguirem para um passeio na montanha, levem um sino, rádio ou algo que faça barulho a fim de  fazer com que os ursos na área saibam que há humanos por lá. Além disso, as pessoas devem evitar ir às montanhas sozinhas ou logo pela manhã e no fim da tarde, quando os ursos estão mais ativos.

Além disso, residentes que cultivam caquis, castanhas ou outros tipos de frutos em seus jardins que podem ser de interesse dos ursos devem colhê-los imediatamente. As pessoas também são encorajadas a manter o gramado e outros tipos de vegetação bem aparadas, já que os ursos as usam para se esconder.

Se você se deparar com um urso retire-se lentamente e nunca vire de costas para ele. Essa é a regra número 1 para sobreviver a um encontro com urso, já que eles instintivamente  perseguirão qualquer coisa que se afaste deles. Precaução também é necessária mesmo se o urso é um filhote. Os filhotes não circulam sozinhos, o que significa certamente que a mãe está por perto e pode atacar para defender sua cria.

Os ursos veem os humanos como invasores de seu território. É recomendado que as pessoas consultem a homepage da província de Niigata para verificar se houve algum avistamento de urso em suas planejadas rotas de hiking e mantenham grau extra de precaução.

“Muitas pessoas visitam as montanhas no outono para ver a mudança das cores da estação, colhem cogumelos e castanhas selvagens. Elas terão que exercer cuidados extras”, comentou Maita.

Fonte: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Easy Car Ride, carros e financiamentos
UNIP - Faculdade a distância no Japão