Governo recusa reemissão de passaporte para jornalista que ficou preso na Síria

Publicado em 17 de julho de 2019, em Sociedade

O jornalista freelancer japonês que ficou preso por grupo extremista na Síria e libertado no ano passado pediu reemissão do passaporte, mas foi negado.

Neste Artigo:
&nbspGoverno recusa reemissão de passaporte para jornalista que ficou preso na Síria
Jornalista freelancer que foi libertado no ano passado (Sankei)

O jornalista freelancer Junpei Yasuda, 45, libertado em outubro do ano passado, depois de 3 anos e 4 meses preso, informou para a imprensa a recusa da reemissão do passaporte por parte do governo japonês. 

Publicidade

Ele teve seu passaporte retido quando foi preso pelo grupo extremista na Síria, por isso deu entrada no pedido de reemissão em janeiro deste ano.

Segundo ele, recebeu uma notificação do Ministério das Relações Exteriores em 10 deste mês. O argumento para a recusa foi a medida de proibição de entrada na Turquia por 5 anos, apesar de ter informado não ter intenção de ir para lá.

“Por estar proibido de entrar na Turquia não posso ir para nenhum outro país”, declarou. 

“É uma restrição significativa aos direitos humanos fundamentais assegurados na Constituição”, apontou Yasuda, afirmando que considera apelar para revisar essa decisão do governo.

Por outro lado, um representante do ministério disse “não podemos responder sobre casos individuais”. 

Fontes: Sankei, Yomiuri e NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!