Travessia de 30 mil anos atrás como os ancestrais: Taiwan a Okinawa

Publicado em 19 de junho de 2019, em Sociedade

A equipe de pesquisadores do Museu Nacional de Ciência do Japão vai tentar uma travessia marítima, replicando o feito dos ancestrais há 30 mil anos.

Neste Artigo:
&nbspTravessia de 30 mil anos atrás como os ancestrais: Taiwan a Okinawa
Imagem em CG de simulação dos primeiros ancestrais taiwaneses a chegar no Japão para mostrar como será o plano (Museu)

Uma equipe do Museu Nacional de Ciência do Japão vai enfrentar um grande desafio para desvendar como os ancestrais chegaram ao país há 30 mil anos.

Publicidade

Com uma embarcação feita com tronco de uma árvore, bem rústica, 5 integrantes vão tentar a travessia marítima, sem bússola, relógio, GPS e mapas, simulando o que teriam feito no passado distante. Irão usar os recursos naturais como sol, estrelas e vento para se guiarem.

Irão partir do leste de Taiwan rumo a Ilha de Yonaguni (Okinawa), no extremo do arquipélago. Vão verificar o melhor período, após a época das monções, entre 15 deste mês a 13 de julho.

O trecho escolhido foi um dos que os antepassados usaram para desbravar o Japão. Sabe-se que foram 3: da Sibéria para Hokkaido, Península Coreana a Tsushima (Nagasaki) e Taiwan a Okinawa.

&nbspTravessia de 30 mil anos atrás como os ancestrais: Taiwan a Okinawa
Processo da confecção da embarcação com tora (Museu)

Ancestrais enfrentaram desafios da natureza e do físico

O desafio é verificar se essa embarcação rústica de madeira, de 7,5 metros de comprimento, aguentará a travessia de 200Km, pois enfrentará a Corrente Kuro Shivo ou Kuroshio. Foi feita usando uma tora de cedro de Noto, praticamente esculpida a mão.

&nbspTravessia de 30 mil anos atrás como os ancestrais: Taiwan a Okinawa
Plano da travessia experimental (Asahi)

Outro desafio será a condição física dos 5 experientes em caiaque do mar, na proa. Enfrentarão 30 a 40 horas de calor, fadiga e sonolência.

No passado já foram realizadas tentativas usando embarcação de palha (2016) e outra, uma espécie de jangada de bambu (2017). Mas a equipe não foi bem sucedida.

Para o chefe do Centro de Pesquisa de História Humana do museu, Yosuke Aiba, 50, essa é uma tentativa importante para desvendar como os ancestrais atravessaram o mar, que se supõe terem chegado em grandes grupos com várias embarcações. Mas poderá ser a última se não for bem sucedida.

&nbspTravessia de 30 mil anos atrás como os ancestrais: Taiwan a Okinawa
Longas 30 ou 40 horas sem GPS ou mapas para a travessia, como há 30 mil anos (Museu)

→ Embora esse plano seja de estudo científico caso queira ver curiosidades do Japão toque aqui.

Fontes: Asahi, ANN e Yomiuri


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!