Fechamento de via expressa durante a cúpula do G20 preocupa residentes

Publicado em 17 de junho de 2019, em Sociedade

O fechamento facilitará a movimentação dos participantes entre hotéis e locais de reunião em Sakishima, ilha artificial na área da Baía de Osaka.

Neste Artigo:
&nbspFechamento de via expressa durante a cúpula do G20 preocupa residentes
Trechos serão fechados por 4 dias a partir de 27 de junho (banco de imagens)

Um planejado fechamento de via expressa durante a cúpula do G20, que será realizada em Osaka nos dias 28 e 29 de junho, está causando preocupação sobre seu impacto nos negócios locais e na vida diária das pessoas.

Publicidade

Trechos que totalizam 160Km na Hanshin Expressway serão fechados por 4 dias, a partir de 27 de junho a fim de garantir rotas livres para os participantes do evento.

A cúpula reunirá líderes e outras autoridades de um total de 37 países e organizações. O fechamento facilitará a movimentação deles entre hotéis e locais de reunião em Sakishima, ilha artificial na área da Baía de Osaka.

O volume de tráfego diário nos trechos da via expressa totaliza cerca de 450.000 veículos. A fim de evitar congestionamento substancial no tráfego em outras estradas locais, a Polícia da Província de Osaka está pedindo aos cidadãos que não dirijam durante o período de 4 dias.

Contudo, uma pesquisa realizada pela polícia revelou que 24% estavam planejando dirigir durante o período, alta de 8 pontos percentuais de um estudo realizado em dezembro passado. A maioria deles citou razões relacionadas ao trabalho.

Visando reduzir pela metade os volumes totais de tráfego local, a polícia intensificará sua campanha através de comerciais na televisão e de outras maneiras.

Durante o período de restrição, o transporte de produtos tem a possibilidade de ser afetado de forma significativa, já que o Osaka-ko é o quinto porto comercial mais movimentado do Japão, com cerca de 310 navios carregados de contêineres chegando mensalmente.

A Guarda Costeira está pedindo a navios entrando no porto entre 24 a 30 de junho que apresentem seus cronogramas com antecedência. Navios terão que carregar bandeiras para identificação que foram distribuídas a eles.

A segurança será reforçada em Sakishima que tem cerca de 24.000 residentes.

Essa reunião do G20 será “sem precedentes em tamanho como conferência internacional sediada pelo Japão”, disse Takahisa Ishida, chefe da sede da Polícia da Província de Osaka.

As operações serão um “teste ácido” da polícia da nação antes de outros grandes eventos de grande escala planejados que exigem segurança massiva, disse ele.

Tóquio sediará as Olimpíadas em 2020, enquanto a Expo 2025 será realizada em Osaka.

Fonte: Japan Times


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!