Hilton de Fukuoka nega hospedagem para embaixador de Cuba

Publicado em 15 de novembro de 2018, em Sociedade

O embaixador de Cuba e funcionário não puderam se hospedar apesar da reserva ter sido confirmada. Alegou cumprir lei americana.

Neste Artigo:
&nbspHilton de Fukuoka nega hospedagem para embaixador de Cuba
Hilton Sea Hawk, em Fukuoka (Line Travel)

A imprensa tomou conhecimento que o Hotel Hilton Sea Hawk, de Fukuoka, negou hospedagem para o embaixador de Cuba e funcionário da embaixada.

Publicidade

Eles iriam se hospedar em 2 de outubro, mas sob alegação de “cumprimento da lei norte-americana” foram recusados. A recusa foi por que Cuba é um dos países-alvo de de sanções econômicas dos Estados Unidos. 

A reserva tinha sido feita através de uma agência de turismo e estava confirmada.

Negar hospedagem por causa da nacionalidade entra em conflito com a legislação de hotelaria do Japão. Assim, a cidade de Fukuoka entrou com uma orientação administrativa contra o hotel norte-americano.

No dia 5 a embaixada cubana informou ao Ministério das Relações Exteriores sobre a recusa da permanência. “É vergonhoso aplicar as leis americanas no Japão, infringindo a soberania japonesa”, teria escrito.

Além de Cuba, os países-alvo das sanções são Irã, a Coreia do Norte, a Síria, entre outros, os quais têm hospedagem proibida em todos os hotéis do mundo operados pela rede Hilton. No entanto, o embaixador disse que já foi hóspede do Fukuoka Sea Hawk em abril.

Fonte: Asahi 
Foto: Line Travel 


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
UNIP Faculdade à distância
Kumon - Estude japonês!