Há locais com 400 vezes mais germes que assento sanitário

Publicado em 9 de agosto de 2018, em Sociedade

É o que revelou uma empresa do Reino Unido depois de observar minuciosamente os locais onde há 400 vezes mais germes que o assento do vaso sanitário.

Neste Artigo:
&nbspHá locais com 400 vezes mais germes que assento sanitário
Se acha que o assento do vaso sanitário é ‘nojento’ saiba que tem locais 400 vezes piores (Pixabay)

Já foram realizadas várias pesquisas para mostrar os locais ou itens perigosos, cheios de germes, como a bolsa feminina ou o smartphone.

Publicidade

Desta vez a comparação é entre o assento do vaso sanitário com um dos locais comuns para muitos trabalhadores.

Portanto, a sujeira pode estar mais próxima do que se pensa. O resultado reforça a importância da higiene e asseio nesses locais.

Segundo a publicação da empresa Printerland, do Reino Unido, há outros locais que podem ser focos de doença.

A empresa salientou que não for feita uma higienização com desinfetantes as bactérias como Helicobacter pylori, Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa e Escherichia coli, estão presentes, colocando em risco a saúde dos trabalhadores.

Germes? Onde?

A Printerland encontrou 49 tipos de germes e bactérias em 1 polegada (2,54cm) quadrada no assento do vaso sanitário da empresa.

Em contrapartida, na superfície da mesa e no aparelho telefônico encontrou 400 e 500 vezes mais, respectivamente, de germes e bactérias na mesma área avaliada.

&nbspHá locais com 400 vezes mais germes que assento sanitário
Mouse, teclado, telefone e a caneca da mesa de trabalho são 400 a 500 vezes mais ‘suja’ do que o assento do vaso sanitário (Printerland)

Portanto, o escritório é um ambiente muito mais ‘sujo’ que o assento do banheiro.

A pesquisa foi conduzida nas mesas de mais de mil funcionários. Em geral, o aparelho de telefone, mouse, teclado, a caneca do café e a mesa são potencialmente muito mais sujos.

Só para se ter uma ideia, no gancho do telefone encontrou 25.127 germes e bactérias em 1 polegada quadrada, 1.676 no mouse, 3.295 no teclado, 1.746 na caneca e assim por diante.

Cuidado com a cozinha

Outro local cheio desses indesejados é a cozinha, onde os funcionários preparam e se servem do café ou esquentam a comida. No bule térmico foram encontrados 2.483 enquanto que na torneira 1.331 germes.

&nbspHá locais com 400 vezes mais germes que assento sanitário
Germes adoram açúcar, por isso, o cuidado na cozinha deve ser redobrado (Printerland)

Da mesma forma, em grande quantidade, não ficam para trás, as portas dos armários, a superfície do balcão e da pia.

A empresa recomenda, portanto, o uso de produtos antibacterianos para limpeza, além de higienizar todos os materiais citados.

Essa pesquisa pode servir de alerta para a cozinha e outros locais da casa. Por isso, uma boa limpeza requer o uso de produtos específicos para combate aos germes.

Se quer conferir as ações da água sanitária e álcool para a limpeza contra os germes, assista a um programa exibido pela Rede Globo:

https://globoplay.globo.com/v/2934745/programa/

Fontes: Gigazine e Printerland 
Fotos: Printerland e Pixabay


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão