Mulher mais longeva do mundo deixa mais de 160 descendentes

Publicado em 23 de abril de 2018, em Sociedade

Faleceu no hospital a mulher mais idosa do mundo, com 117 anos, na província de Kagoshima onde passou a vida toda.

Neste Artigo:
&nbspMulher mais longeva do mundo deixa mais de 160 descendentes
Em 18 de setembro do ano passado Nabi mexia a mão de acordo com o ritmo da canção que celebra a longevidade (Asahi)

Às 19h58 de sábado (21) Nabi Tashima deu seu último suspiro e partiu com 117 anos, na ilha Kikai (Kagoshima).

Publicidade

Ela nasceu, cresceu e viveu toda a sua existência na mesma ilha, em Kikai-cho. Sua morte foi devido ao envelhecimento, depois de ter sido internada no hospital local no final de janeiro deste ano.

Ela vivia em um asilo para idosos, mas sua saúde enfraqueceu e passou seus últimos dias de vida no hospital.

Nabi Tashima nasceu em 4 de agosto de 1900. Junto com o marido se dedicou à agricultura. Viviam do cultivo da cana-de-açúcar e gergelim.

Tiveram 7 meninos e 2 meninas. De acordo com os familiares, o número de descendentes – netos, bisnetos, trinetos, tetranetos e pentanetos – passa de 160 pessoas.

Depois da morte da mulher mais longeva do Planeta, de Jamaica, era Nabi a sua substituta.

Fontes: ANN e Asahi 
Foto: Asahi 


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão