Mais de 200 funcionários de escolas foram punidos por obscenidade

Publicado em 29 de dezembro de 2017, em Sociedade

A pesquisa cobriu funcionários incluindo diretores e professores em escolas públicas do ensino fundamental e médio.

Neste Artigo:
&nbspMais de 200 funcionários de escolas foram punidos por obscenidade
Um crescente número de tais casos estava ligado a sites de rede social e emails (imagem ilustrativa)

Um recorde de 226 membros do quadro de funcionários de ensino no Japão foram punidos por atos de obscenidade ou assédio sexual no ano fiscal de 2016, alta de dois em comparação ao ano anterior, mostrou uma pesquisa do ministério da educação na quarta-feira (27).

Publicidade

Um crescente número de tais casos estava ligado a sites de rede social e emails, de acordo com a pesquisa.

No geral, 8.038 funcionários foram submetidos a medidas disciplinares, incluindo demissão e advertência, no ano que terminou em março, alta de cerca de 27 por cento.

A pesquisa cobriu cerca de 920 mil funcionários, incluindo diretores, professores e substitutos em escolas públicas do ensino fundamental e médio, além de instituições de ensino para crianças com necessidades especiais. Ela foi conduzida através de órgãos educacionais de províncias e de grandes cidades designadas por decreto.

Daqueles que foram punidos por atos obscenos ou assédio sexual, 89 tocaram nos corpos das vítimas, 44 tiveram relação sexual e 40 fizeram filmagens secretas. Um total de 129 membros do quadro de pessoal foram demitidos.

Fonte: Jiji
Imagem: Bank Image


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!
Easy Car Ride, carros e financiamentos