Disponibilidade de emprego no Japão continua alta

Publicado em 2 de novembro de 2017, em Sociedade

A disponibilidade de emprego no Japão se manteve no maior nível desde fevereiro de 1974.

Neste Artigo:
&nbspDisponibilidade de emprego no Japão continua alta
A disponibilidade de emprego se manteve a altas históricas, mostraram dados do governo (imagem ilustrativa)

Empresas continuaram a enfrentar grave escassez de mão de obra em setembro, com a disponibilidade de emprego se mantendo a altas históricas, mostraram dados do governo na terça-feira (31).

Publicidade

A proporção de trabalho no país continuou inalterada em comparação a agosto, a 1.52. Isso significa que 152 posições estavam disponíveis para cada 100 candidatos em busca de emprego, mantendo o maior nível desde fevereiro de 1974, disse o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar.

A taxa de desemprego ficou inalterada, a 2,8%, enquanto o Ministério de Assuntos Internos e Comunicações manteve sua visão oficial que a situação de empregos está “melhorando constantemente”.

A taxa de desemprego para homens se manteve inalterada, a 2,9%, enquanto a para mulheres aumentou em 0,2%, situando-se a 2,7%. O número de pessoas desempregadas aumentou em 20 mil, ou 11% ajustado sazonalmente em comparação a agosto, para 1,88 milhão.

Um mercado de trabalho apertado geralmente leva a salários maiores, visto que as empresas buscam garantir trabalhadores. Economistas dizem que um crescimento salarial robusto manterá a chave para aumentar o consumo privado, que conta por cerca de 60% do produto interno bruto (PIB) do Japão.

Fonte: Japan Times, Kyodo
Imagem: Bank Image


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Easy Car Ride, carros e financiamentos
UNIP - Faculdade a distância no Japão