Prefeito de Okazaki em maus lençóis por voltar atrás com benefício de ¥50 mil

Publicado em 9 de novembro de 2020, em Política, Sociedade

Depois de eleito sob essa promessa, a qual parece não poder cumpri-la integralmente, o povo quer “recall”.

Neste Artigo:
&nbspPrefeito de Okazaki em maus lençóis por voltar atrás com benefício de ¥50 mil
Durante campanha prometeu benefício de ¥50 mil a todos de Okazaki (arquivo do jornal Asahi)

O recém-eleito prefeito de Okazaki (Aichi), Yasuhiro Nakane, venceu os adversários com a promessa de entregar um benefício no valor de 50 mil ienes a cada cidadão, diante da disseminação do novo coronavírus. 

Publicidade

No entanto, na sexta-feira (6), fez um pronunciamento que abalou o povo. “Estou pensando em limitá-lo às pessoas isentas de impostos. Quero dar benefícios àqueles que realmente precisam”, disse ele ao jornal Asahi. 

Assim, não serão todos da população de 380 mil residentes a receber. Para cumprir a promessa apresentou um projeto de lei, de orçamento suplementar de cerca de 19,5 bilhões de ienes, submetido ao conselho municipal no mesmo dia. Mas Nakane planeja retirar o projeto antes da votação marcada para segunda-feira (9).  

Como não há perspectiva de que o projeto seja aprovado, Nakane explicou: “Se for rejeitado pelo conselho da cidade, será difícil fornecer benefícios dentro deste ano fiscal. É uma escolha inevitável.” Portanto, serão menos de 180 mil pessoas beneficiadas.

A população da cidade está revoltada. Na rede social Twitter há posts chamando-o de traidor e de mentiroso. Não são poucas as pessoas que escreveram “recall já”, por ter usado a promessa do benefício de 50 mil ienes para todos durante sua campanha eleitoral.

Fontes: Huffington Post e Chunichi 


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão